Polícia dá cobertura à Vodafone

A operadora britânica vai ter uma estação-base construída numa esquadra da polícia, em Londres.

O presidente do Comité de Finanças, Graham Tope, afirmou que o organismo a que pertence está consciente da questão sensível que é a localização de infra-estruturas de telecomunicações aéreas. «Foi por essa razão que insistimos para que todas as decisões fossem tomadas depois de uma discussão séria dos assuntos relacionados com segurança e saúde do nosso próprio pessoal».

O referido Comité acordou em Janeiro passado que as instalações da polícia pudessem ser usadas para serviços de telecomunicações aéreas que não impliquem emergências, como forma de obter receitas, embora sempre sujeitos a testes regulares. Um premissa que a polícia parece não abdicar.

«Estamos satisfeitos que os edifícios da Polícia Metropolitana possa albergar antenas de comunicações móveis, sem que isso tenha qualquer efeito na população, embora iremos continuar a monitorizar todas as decisões que possam vir a ser tomadas no futuro», explicou o mesmo responsável.