• Início
  • Tecnologia
  • Portugal Tecnológico – Pagar transportes públicos com telemóvel e multibanco

Portugal Tecnológico – Pagar transportes públicos com telemóvel e multibanco

Mobile Ticketing

Partilhar A OTLISOperadores de Transportes da Área Metropolitana de Lisboa (Agrupamento constituído por operadores de transportes) , os três operadores de comunicações móveis nacionais – Optimus, TMN e Vodafone -, e a Oberthur Technologies – empresa fornecedora de cartões Lisboa Viva e de cartões para telemóveis – estão a testar uma solução inovadora que permite aceder aos Transportes Públicos de Lisboa através do telemóvel.

Revolucionando por completo o modelo tradicional de venda de títulos de transporte e promovendo a substituição das deslocações periódicas aos pontos de venda, esta parceria irá permitir que os utilizadores tenham no seu próprio telemóvel os títulos disponibilizados pelos Operadores de Transportes da Área Metropolitana de Lisboa.

Na primeira fase, a solução tem funcionado apenas no Metropolitano de Lisboa e é exclusivamente acessível ao grupo de participantes pré-seleccionado, que se encontra a testar todas as potencialidades da nova tecnologia e a mobilidade oferecida pela nova solução. Os participantes do piloto utilizam, para o efeito, um telemóvel com a tecnologia NFC (Near Field Communication), com um cartão SIM onde estão guardados os Títulos de Transporte.

Durante os anos de 2009 e 2010 decorreram negociações com os operadores de telecomunicações móveis, com a Oberthur e com alguns fabricantes de telemóveis tais como a Samsung para tornar possível a implementação deste projecto. Têm ocorrido alguns impedimentos que têm atrasado a implementação deste projecto tais como a falta de terminais NFC para fins comerciais. Está previsto para 2011 o lançamento destes terminais por alguns fabricantes, o que permitirá efectuar alguns avanços.

Nesta segunda fase, o teste será alargado a outros operadores de transportes públicos da Área Metropolitana de Lisboa, designadamente a Carris e a CP. Numa fase mais avançada será também possível efectuar os carregamentos de títulos no próprio telemóvel (eliminando a necessidade de deslocação ao ponto de venda ou a uma caixa multibanco), numa área específica disponível através da Internet Móvel. O objectivo deste projecto é disponibilizar comercialmente o serviço ao público em geral.

Os clientes das operadoras móveis vão, portanto, poder comprar e carregar o seu título de transporte no próprio telemóvel, num qualquer posto de venda do Operador de Transportes. O acesso ao transporte público será feito encostando o telemóvel (em substituição dos cartões Lisboa Viva e VivaViagem) ao validador ou porta de acesso ao cais de embarque. A utilização do telemóvel para aceder ao transporte público será possível mesmo quando o próprio telefone tem a bateria descarregada.

Esta solução inovadora assenta na tecnologia NFCNear Field Communication (comunicação sem fios de curto alcance), cuja aplicação já está massificada em alguns países do Extremo Oriente, nomeadamente no Japão, estando associada a operações diversas, das quais os pagamentos móveis, os transportes e as aplicações para a saúde são exemplos de sucesso.

Este lançamento resulta das sinergias criadas com os operadores de comunicações móveis e traduz-se num novo enquadramento da oferta disponibilizada pelos operadores de transportes públicos, introduzindo maior mobilidade na cidade de Lisboa através de uma solução cómoda, segura e fácil que permite chegar com rapidez a cada destino da rede de Transportes Públicos de Lisboa.

Cartão Bancário

O projecto do Cartão Bancário pretende oferecer uma solução alternativa e vantajosa para passageiros ocasionais.

Pretende-se tornar as viagens mais cómodas ao passageiro ocasional onde não será necessária a aquisição prévia de títulos, sendo usado um conceito de “Tap&Go“, onde o passageiro simplesmente valida o cartão bancário (crédito ou débito) perante o validador sendo dado o respectivo acesso aos transportes e o valor debitado ao passageiro posteriormente (pós-pago).

Para além de uma acrescida comodidade para o cliente, é também dada uma maior segurança e fiabilidade relativamente aos VivaViagens actualmente adquiridos por passageiros ocasionas. Adicionalmente poderá ser implementado um sistema de loyalty trazendo vantagens adicionais ao passageiro (descontos em compras, viagens).


Cristina Brites – Telemoveis.com

*** Este texto NÃO foi escrito de acordo com o novo Acordo Ortográfico***

Telemoveis.com on Facebook
Siga-nos no Twitter!