Portugal Telecom aumenta o seu interesse económico na Telesp Celular.

A Portugal Telecom anunciou hoje que a sua subsidiária Telesp Celular completou o leilão público na Bolsa de São Paulo, concluindo o seu aumento de capital reservado a accionistas.

«Lisboa, Portugal, 31 de Outubro de 2000 – A Portugal Telecom (BVL: PTCO.IN; NYSE: PT) anunciou hoje que a sua subsidiária Telesp Celular (TCP) completou o leilão público na Bolsa de São Paulo, concluindo o seu aumento de capital reservado a accionistas, com a subscrição de 1 nova acção por cada 10 acções detidas. A TCP emitiu 27.111,7 milhões de acções preferencias (PN) e 14.558,1 milhões de acções ordinárias (ON) ao preço de 27 reais por cada lote de 1.000 acções ON ou PN. A Assembleia Geral dos Accionistas da TCP que ratificará o aumento de capital e a emissão de novas acções foi marcada para 7 de Novembro, com a entrega das acções no dia seguinte. Neste aumento de capital, a Portugal Telecom subscreveu um total de 26.728,8 milhões de acções PN e 14.552,8 milhões de acções ON da TCP. Com esta operação, a Portugal Telecom irá aumentar o seu interesse económico na TCP para 41,23% dos actuais 29,92%, considerando que a troca de participações cruzadas entre a TISA na TCP e a Portugal Telecom na Telesp, a qual aguarda ainda a aprovação do regulador, será aprovada. Após o anúncio do aumento de capital da TCP, em Agosto, a Portugal Telecom indicou que subscreveria a totalidade do aumento de capital, afim de garantir à TCP os fundos daí provenientes. Esta operação reforça a situação financeira da TCP e melhora o seu posicionamento numa fase crucial do desenvolvimento do sector de telecomunicações brasileiro. A operação também criou para a Portugal Telecom uma oportunidade atractiva de aumentar o seu interesse económico na TCP e o seu posicionamento num negócio de elevado potencial de crescimento, como o dos móveis no Estado de São Paulo.»