Portugueses gastam mais em comunicações do que em educação

Esta é uma conclusão de um estudo realizado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) em colaboração com o antigo Observatório das Ciências e das Tecnologias.

O mesmo estudo conclui ainda que os gastos com as comunicações aumentaram mais de 700% entre 1989 e 2000, passando de 69 euros por ano, em média, para 451 euros, tendo os valores disparado a partir de 1995, devido à massificação das comunicações móveis, Internet e da televisão por cabo. Em termos de gastos, o estudo coloca Portugal a meio da tabela, lado a lado com Itália e da Irlanda.