Quadro com os códigos de acesso aos novos operadores da rede fixa

O Instituto das Comunicações de Portugal atribuiu hoje os códigos de acesso directo e indirecto aos operadores da rede telefónica fixa.

«Lisboa, 27 Ago (Lusa) – O Instituto das Comunicações de Portugal atribuiu hoje os códigos de acesso directo e indirecto aos operadores da rede telefónica fixa: ——————————————- OPERADOR_____________CÓDIGO IDENTIFICATIVO SONAE, REDES DE DADOS_______1010 ———————————- TELEWEB______________________1011 ———————————- COMNEXO______________________1014 ———————————- PORTUGAL TELECOM____________1020 ———————————- EASTÉCNICA IV_________________1027 ———————————- JAZZTEL________________________1030 ———————————- INTEROUTE_____________________1033 ———————————- E3G____________________________1050 ———————————- GLOBAL ONE____________________1060 ———————————- TELECEL________________________1091 ———————————- OPTIMUS________________________1093 ———————————- TMN____________________________1096 ———————————- MAXITELSAT_____________________1099 ———————————- Estes códigos foram atribuídos num processo que decorreu nas instalações do ICP em Barcarena, tendo sido necessário um sorteio final entre a Jazztel, a Global One e a Sonae Redes de Dados para decidir quem ficava com o 1010, o número mais apetecido. Ao processo foram admitidos 12 candidatos, cuja admissibilidade à licença para operar na rede fixa já tinha sido previamente emitida pelo ICP, além da Portugal Telecom, que a 01 de Janeiro de 2000 perderá o monopólio do mercado. Os 12 candidatos são os seguintes: Teleweb, Eastécnica IV, a Comnexo, a Telecel, a Maxitelsat, a Interoute, a Global One, a Optimus, a TMN, a Jazztel, a E3G e a Sonae Redes de Dados, tendo estas duas últimas sido as únicas que, até agora, receberam a licença de operacionalidade na rede fixa do ICP.»