Skip to main content

Radiações abaixo dos limites

Antenas espalhadas pelo país são seguras.

O projecto científico, desenvolvido pelo Instituto de Telecomunicações e pelo Instituto Superior Técnico, monitoriza e quantifica há cerca de oito meses, em quatro centenas de locais, os campos electromagnéticos a que a população portuguesa está sujeita.

Em declarações à agência Lusa, Luís Correia afirmou que, até agora, não foram detectados níveis de radiação acima dos limites mais restritivos estabelecidos pelos organismos internacionais e pela legislação portuguesa em vigor.

Face a estes resultados, o professor universitário sublinha que as «pessoas não têm razão para se preocupar», até porque os aparelhos de medição foram colocados junto dos locais onde estão instaladas as antenas, nomeadamente perto de escolas, centros de saúde e hospitais.

Os resultados nos diferentes distritos são publicados no site do projecto MONIT (www.lx.it.pt/monit) para que possam ser consultados pelo público em geral.

O responsável desloca-se amanhã à Maia para a assinatura do protocolo de instalação de uma rede de monitorização remota de campos electromagnéticos neste concelho, altura em que será igualmente disponibilizada informação acerca dos níveis de exposição às radiações.

Com uma duração prevista de um ano e meio, o projecto científico, «feito de uma forma totalmente independente», conta com o patrocínio dos três operadores de comunicações móveis: TMN, Vodafone e Optimus.