Skip to main content

Recomendações da GSM Association para um uso responsável do telemóvel

A GSM Association, associação que engloba operadores GSM de todo o mundo, publicou uma série de recomendações sobre o de telemóveis nalguns lugares considerados sensíveis.

Perante os avanços tecnológico que impõem o bloqueio das redes nalguns recintos públicos e outros mecanismos, que foram implementados para «defender» pessoas e actos, para os quais o silêncio é um bem precioso, de utilizadores de telemóveis mais impetuosos, a GSM Association publicou uma série de recomendações sobre o uso de telemóveis em locais de especial sensibilidade.

A GSM Association acredita crê que as regras de etiqueta que regem o uso do telemóvel devem guiar-se pelos mesmos princípios pelos quais se rege a conduta das pessoas em sociedade. Tais regras de etiqueta são baseadas fundamentalemente nos conceitos de cortesia e respeito.O mais importante destas regras é que as mesmas não devem basear-se apenas no “fazer” e “não fazer”, e sobretudo ter em mente que estas normas podem variar consoante a cultura e o contexto. O que pode ser aceite numa situação pode noutro contexto ser considerado má educação.

O uso da tecnologia e de equipamentos GSM é, numa primeira instância, da responsabilidade do utilizador. Porém, a GSM Association acredita que os meios de comunicação têm a tarefa de «educar» os utilizadores em questões de etiqueta e boa educação no uso do telemóvel, dando algumas noções sobre o uso responsável e cortês deste tipo de equipamentos.

Leis sobre o uso de telemóveis

Em certos locais, existem algumas leis que restringem o uso de terminais móveis e outros dispositivos similares. O utilizar deve observar as leis locais.

Uso de telemóveis em locais públicos

Geralmente é aceite que existem alguns sítios nos quais as pessoas não devem falar ao telemóvel e onde, inclusivamente, apenas o toque do mesmo é considerado inaceitável.

Na maioria dos países, filmes e artes de palco, casamentos e funerais, concertos, discursos e leituras são tipos de eventos públicos onde o toque de um telemóvel, ou mesmo manter uma conversa telefónica, estão absolutamente fora de questão.

Mas isto não significa forçosamente que os telemóveis devam ser desligados ou que não possam ser utilizados de forma alguma. Se por alguma razão o utilizador precisar de estar contactável, poderá ser sempre tirar o toque e ligar apenas a vibração, e usar o teclado para enviar um SMS de resposta. Como alternativa, poderá sempre enviar as chamadas directamente para a caixa de correio de voz, e responder mais tarde.

Se por acaso se esquecer de ligar o modo de alerta silencioso ou de vibração, e o telefone tocar numa altura delicada, a única solução será a de tentar anular a chamada.

Quanto ao tema  «restaurantes», aí a questão reveste-se de uma maior subjectividade. Normalmente, o ambiente geral do restaurante deverá dar-lhe automaticamente algumas pistas sobre se deverá ou não desligar o telemóvel, mas a melhor opção será sempre a de perguntar a um empregado acerca da política adoptada pelo restaurante. Como em qualquer outra situação, poderá sempre mudar o modo do telefone para alerta silencioso ou vibração. Se tiver de efectuar ou receber alguma chamada deverá levantar-se da mesa e atender na entrada do restaurante, por exemplo.,

Se vai de viagem, e dado que existem protocolos de roaming GSM com quase todos os países do mundo, recomendamos que desligue o seu telemóvel quando for dormir, isto para evitar receber chamadas a horas impróprias.

Reuniões de Negócios

No caso das reuniões de negócios, as recomendações para os locais públicos já não se aplica, apesar daquelas baseadas no respeito e na cortesia se manterem. As regras, neste caso, mudam de reunião para reunião dependendo do tipo da mesma. Quando não existirem regras pré-estabelecidas, recomendamos que coloque o seu telemóvel no modo silencioso ou de vibração, e que apenas atenda as chamadas mais importantes.

Transportes públicos

Os passageiros de alguns meios de transporte, como por exemplo comboio ou autocarro, normalmente esperam que a sua viagem seja tranquila e silenciosa. Daí que alguns destes se possam sentir ofendidos com conversações ao telefone onde o tom de voz seja demasiado elevado. Por esta razão, alguns comboios disponibilizam «zonas silenciosas» e carruagens onde é proibido o uso de telemóveis. Mesmo em carruagens sem restrições, recomenda-se um tom de voz não muito elevado já que com a tecnologia actual dos terminais, não necessário gritar para que nos oiçam do outro lado da linha.

Os locais públicos pequenos também não são o melhor local para se manter uma conversação telefónica. Num elevador cheio de gente, o melhor será pedir ao nosso interlocutor para aguardar alguns segundos.

Tenha cuidado a pé

As ruas são obviamente locais indicados para se manter uma conversação telefónica. Contudo, é importante recordar alguns aspectos que poderão passar despercebidos, como é o caso da perda de atenção em relação ao trânsito. Também aqui o acto de gritar para o telemóvel poderá tornar-se incomodativo para os restantes transeuntes, especialmente em locais mais remotos.

Emergências

Os telemóveis tornaram-se em modernos “salva-vidas”, proporcionando ajuda a quem necessita, em qualquer parte do mundo, 365 dias por ano. Dezenas de milhares de chamadas são efectuadas diariamente, requerendo a presença da polícia, bombeiros ou de ambulâncias.

A ajuda em caso de emergência deve ser requerida mesmo quando exista alguma dúvida tendo em conta, claro está, a natureza da emergência. Mas deve-se evitar o recurso abusivo dos serviços de assistência. Chamadas desnecessárias ou falsas para estes serviços não só são piadas de gosto duvidoso, como nalguns países são mesmo ilegais.

Para aqueles que viajam frequentemente e levam consigo o telemóvel, convém sempre saber qual é o número local de emergência, para o caso de ser preciso.

A GSM Association adverte todos os utilizadores de terminais móveis para não confiarem na cobertura do seu dispositivo, no caso de terem de pedir ajuda numa situação de perigo ou emergência, em locais costeiros ou em ilhas. Devem sempre transportar consigo equipamento de salvamento.

Em suma

A GSM Association pede a todos os utilizadores de telemóveis que usem os seus terminais de uma maneira sensata e responsável, e que antes de os utilizar pensem nas repercursões do seu uso. É tembém indespensável terem em conta onde estão, com quem estão e o que estão a fazer no momento em que se preparam para receber uma chamada. E que acima de tudo respeitem aquilo que as outras pessoas esperam encontra em cada situação.

Artigos Relacionados:

Quando o telemóvel peca. Guia de etiqueta para utilizadores e interessados
Telemóveis e Boas Maneiras- Use, Mas Não Abuse!