RIM lucra menos

A RIM, fabricante dos telemóveis BlackBerry, lucrou menos no primeiro trimestre deste ano fiscal. A RIM pretende reduzir despesas e funcionários.

A Research In Motion (RIM), fabricante dos telemóveis Blackberry, anunciou os resultados do primeiro trimestre deste ano fiscal. De acordo com os dados divulgados, a RIM aumentou as receitas em 16% (4.9 biliões de dólares), comparativamente aos 4.2 biliões de dólares de 2010.

Os lucros, no entanto, diminuíram cerca de 10% (695 milhões de dólares comparado com 769 milhões de dólares em 2010, no mesmo período). O aumento das receitas da RIM deve 78% dos resultados a hardware, 20% a serviços disponibilizados e 2% a software.

«O ano fiscal começou com desafios. O abrandamento a que assistimos no primeiro trimestre vai prolongar-se durante o segundo, e os adiamentos na introdução de novos produtos (…) conduziram-nos para uma perspectiva que não cumpre as nossas expectativas», referiu Jim Balsillie, Co-CEO da RIM.

A RIM anunciou a sua intenção de reduzir postos de trabalho de forma a baixar despesas mas ainda não divulgou detalhes sobre a redução que irá aplicar. Por outro lado a RIM comprou a Scoreloop recentemente, numa tentativa de optimizar a disponibilização de apps para o BlackBerry Playbook (já disponível na Vodafone).