Saga Maxitel continua

Depois do ICP emitir parecer favorável.

Depois de, no passado dia 23 de Julho, alegando as dívidas acumuladas, a PT Comunicações ter decidido cortar os circuitos da Maxitel, impossibilitando na prática esta última de continuar a prestar serviços, o ICP interviu, através de um parecer emitido na sexta-feira, declarando ilegal a acção.

Na linha do defendido pela Maxitel, a PT Comunicações deveria previamente ter obtido autorização do ICP para proceder ao corte. Coisa que não sucedeu.

A PT Comunicações argumenta, por seu lado, que não ouve violação da lei porque se limitou a cumprir uma cláusula contratual. A dívida acumulada da Maxitel ascende já a 1,1 milhões de contos e permanece por saldar desde Agosto do ano passado.