Samsung apresenta resultados

Pela primeira vez, os resultados trimestrais atingem os 7.98 mil milhões de euros e os anuais os 32.2 mil milhões.

As vendas totais da Samsung e os Resultados Operacionais subiram respectivamente 25 e 216 por cento em relação ao ano anterior, período em que a empresa registou vendas de 25.8 mil milhões de euros e Resultados Operacionais de 1.8 mil milhões de euros. Por divisões de negócio, os resultados das vendas de 2002 desdobram-se em 10.2 mil milhões de euros para a área de Device Solutions (semicondutores, smart cards, displays); 9.9 mil milhões para a unidade de Redes e Telecomunicações (telemóveis e network hardware); 7.9 mil milhões para Digital Media e 2.96 mil milhões de euros para Electrodomésticos Digitais. Igualmente por áreas, os Resultados Operacionais atingiram 3.05 mil milhões de euros para a unidade Device Solutions, 2.4 mil milhões para Redes e Telecomunicações, 306 milhões para e 103 milhões para Electrodomésticos Digitais. De notar que a Divisão de Redes e Telecomunicações alcançou um crescimento das vendas anuais de 37 por cento em relação ao ano 2001, enquanto que os Resultados Operacionais subiram 117 por cento em igual período. Aliás, desde que este negócio se autonomizou, a Samsung emergiu como o terceiro maior fabricante mundial de telemóveis. No negócio dos chips memória, a forte competitividade dos preços e o portfólio distintivo de produtos levaram a Samsung a alcançar resultados surpreendentes, mesmo quando alguma da concorrência sofreu pesadas quebras. Atrás deste sucesso, está um grande enfoque em dispositivos especializados que comandam os preços elevados, bem como a enorme procura de memórias flash. Estes resultados catapultaram a Samsung para nº2 mundial na produção de semicondutores. Enquanto a maior parte das maiores empresas mundiais do sector permaneceram em baixa, a Samsung valores recordes nos seus resultados. Resultados do 4º trimestre 2002 As vendas do 4º trimestre de 2002 totalizaram 2.8 mil milhões de euros para a Divisão Device Solutions, 2.2 mil milhões para Redes e telecomunicações, dois mil milhões para Digital Media e 750 milhões para Electrodomésticos Digitais. Os Resultados Operacionais registados no último trimestre de 2002, e também por divisões de negócio, atingiram 693 milhões de euros (Device Solutions), 558 milhões (Redes e Telecomunicações), -24 milhões (Digital Media) e -31,8 milhões para Electrodomésticos Digitais. Bónus especiais e despesas inesperadas, como acções de marketing, provocaram quebras de resultados nas divisões Digital Media e Electrodomésticos Digitais. Contudo, uma boa parte da produção e as vendas destas divisões foram alcançadas fora do mercado coreano, o que implica que quando os resultados do mercado externo foram compilados, ambas as divisões deverão apresentar elevada rentabilidade.