Sendo já é da Motorola

Fabricante britânico declarou falência.

Os cerca de 200 engenheiros que integravam a divisão de P&D da Sendo, a qual tinha centros no Reino Unido (170) e Singapura (os restantes), serão transferidos para a Motorola, onde prosseguirão o trabalho de desenvolvimento de soluções móveis.

A Sendo, que iniciou actividade em 2000 e se especializou no fabrico de telemóveis de baixo custo e facilmente adaptáveis às necessidades de cada operador, vendeu no ano passado cerca de 5 milhões de terminais e facturou 420 milhões de dólares, o que não impediu o agravamento da crise financeira que culmina agora com a falência.

No entanto, a Motorola salientou que não adquiriu os activos nem os acordos comerciais de fabrico ou fornecimento da Sendo, não assumindo também os passivos nem obrigações financeiras do fabricante britânico.

Aproveite para ver no nosso expositor os terminais Sendo clicando aqui.