Sendô M550 – A concha britânica

O Telemoveis.com testou o último modelo lançado pelo fabricante britânico, sem antena, e num formato no qual a marca ainda não se havia estreado.

O fabricante britânico lançou recentemente no mercado português a sua última criação, apelidada pelo mesmo como sendo um “Objecto de Desejo”. De facto, a Sendô criou o seu primeiro telemóvel em formato de concha, e o resultado ao nível estético é bastante interessante. 

Este vosso escriba gostou, mas é sempre bom recolher opiniões de terceiros, não vá a nossa vista estar toldada pelas formas arredondadas. Mas os comentários que ouvimos foram do “parece um isqueiro bonito” até “Epá! Se esse tivesse as mesmas funções do meu trocava já!”.

Estamos na presença de um terminal bastante atraente do ponto de vista estético, dando a sensação estarmos na presença de um terminal compacto e robusto. Compacto é, mas robusto não, dada a aparente fragilidade dos materiais. Mas os telemóveis também não foram feitos para serem arremessados para o chão, embora já se façam campeonatos mundiais.

Pegando na expressão “.as mesmas funções” podemos aprofundar um pouco mais sobre as características que encontrámos neste terminal. 

Características físicas e visor

As dimensões do terminal (82 x 45 x 20mm) fazem com que o mesmo, quando fechado, seja do tamanho de um cartão de crédito cabendo em quase todos os bolsos das calças, casaco ou mala. O seu peso (77 gramas) pode fazer com que por e simplesmente nos esqueçamos que o temos no bolso, o que pode dar origem a alguns sustos…

Ainda no exterior do terminal, o pequeno ecrã com uma resolução de 96×64 pixéis dá-nos a informação sobre a data, hora, rede, nível da bateria, o nome do contacto que nos está a telefonar e mensagens, tudo isto retro-iluminado a branco. De referir que no exterior não irá encontrar nenhum botão, nem mesmo de volume. E já que falamos em ausências, também não existe nenhuma porta de IrDA, nem nenhuma outra forma de conectividade. Mas já lá iremos.

Antes temos de falar no visor a cores com 4096 cores e 128×128 pixéis de resolução. Apesar da boa imagem, este padece da mesma “doença” dos terminais com ecrã a cores. Num dia soalheiro, torna-se difícil de vislumbrar os menus, tendo muitas vezes que se recorrer a uma sombra para se conseguir realizar a operação desejada.

Menu

Há já algum tempo que não mexíamos num Sendô, mas constatámos que a estrutura base dos menus continua prática e eficaz, com 6 submenus à escolha: Mensagens, Internet, Sons, Definições, Serviços, Extras. 

Daqui destacamos o Menu Internet, por uma razão muito simples: alguns dos primeiros telefones M550 da Sendô apresentaram uma falha de conexão depois da configuração WAP ter sido realizada. Informaram-nos nos três operadores que o mesmo se deve a um problema no software do telefone, e que pode ser resolvido através de uma actualização numa loja do operador ou na assistência técnica da marca.

No capítulo das definições existem temas pré-definidos para dar mais alguma vivacidade ao ecrã: Space, Mosaic, Pastel, Power Flower, Whirl, Carbon, Warp, Funky, Ice, and Red Head. Estes abarcam várias cores e vários estilos, podendo ser adaptados a tipo de disposição em que nos encontramos.

Convém ainda referir que a resposta aos comandos foi rápida e eficaz, e não registámos qualquer tipo de “congelamento” ou erros. 

Som

Este terminal dual band (GSM 900/1800Mhz) revelou-se bastante capaz ao nível das qualidades sonoras quer dos toques, quer ao nível do volume do auscultador e do microfone. Numa frase, ouvimos bem e somos bem ouvidos. 

No que diz respeito às melodias, uma pequena nota: Os toques do telemóvel (polifónicos de 16 tons) estão disponíveis não na pasta Melodias mas sim nos Tons de Aviso. 
A pasta reservada às melodias pode ser preenchida apenas com toques monofónicos, uma vez que o terminal não aceita formatos midi e smaf.

Mensagens

O Sendo M550 é, acima de tudo, um terminal orientado para um público mais jovem. Apesar disso, não espere MMS, e-mail ou mensagens video. Este é ainda um terminal destinado aos furiosos do SMS e aos poucos que ainda dão algum valor ao EMS. No que diz respeito ao SMS, convém referir que o T9 é muito bom, com bastantes expressões que usamos no dia-a-dia. Para casos clínicos possui ainda a opção Chat.

Jogos e Aplicações

Tratando-se de um modelo de gama media, o que não concordamos já que as funcionalidades e o preço correspondem a um terminal gama de entrada, esperávamos que o M550 pudesse ao menos suportar algum tipo de tecnologia, o que não se verifica . Ora isto reforça a nossa teoria: ou este terminal é um gama média bastante mediano ou um bom gama de entrada. A opinião vai depender de cada um. Mas voltando aos jogos referimos o Combat Klub, e ainda o jogo mais indicado para quem sofre de stress: Splat. 
Sucintamente, trata-se de um jogo onde existem toupeiras que surgem de um determinado buraco… existem tantos buracos quanto teclas de marcação. Quando elas aparecem carrega-se nas teclas e elas puff! desfazem-se em mil pedaços. Quem aprecia a misturadoras com sapos do Joe Cartoon vai por certo adorar este jogo.

O M550 oferece suporte GPRS (4+1) para navegação WAP (1.2.1). Infelizmente, e aqui retomamos a temática da conectividade não nos é possibilitada a conexão a PC, ou IrDA ou qualquer outro tipo de ligação do telefone ao “exterior”. Mais um factor que nos leva a pensar que este é na realidade um terminal de gama de entrada. 

Ao nível dos contactos, o M550 possibilita o armazenamento de 500 contactos, mas não existe lugar para uma agenda ou calendário. 

Bateria

De acordo com o fabricante, este terminal possui uma bateria Li-Ion capaz de aguentar entre 180 a 300 horas em espera e entre 120 a 300 minutos em conversação. Na realidade, o terminal aguenta dois a três dias antes de ser necessário recorrer ao carregador. 

Conclusão

A pergunta vai ficar no ar: gama média ou gama de entrada? Nós acreditamos na segunda até porque está na calha o lançamento da evolução deste M550, o M570, esse sim um terminal de gama média/alta no qual depositamos grandes esperanças. Até lá vamos disfrutando este pequeno, simples e funcional Sendô.