Sexo, mentiras e… SMS

Estudo revela a estranha e curiosa natureza das mensagens.

A Halebop realizou um estudo acerca das SMS entre a população sueca e constatou que quase nove em cada 10 pessoas já tiveram «um caso» através de mensagens escritas e 6% considera perfeitamente correcto terminar uma relação amorosa via SMS.

Além disso – ou até por causa disso… – duas em cada três pessoas vai ler as SMS do parceiro quando ele vai ao wc. Com efeito, 64% das pessoas contactadas pela Halebop admitiram que lêem as SMS dos parceiros. Quatro em cada 10 disseram fazê-lo com regularidade mas por mera curiosidade, enquanto 25% justificaram o hábito com o ciúme ou porque querem sentir-se mais seguras.

A ida ao quarto-de-banho pode ser fatal para quem tem algo a esconder: é quando o parceiro vai ao wc ou está a tomar banho que 47% das pessoas se precipitam para o telemóvel dele e «devoram» as SMS e MMS.

Outras pessoas disseram que o fazem quando o(a) parceiro(a) está a dormir ou quando sai e se esquece do telemóvel. E 63% dos inquiridos afirmaram ter especial interesse em espreitar o telemóvel do(a) parceiro(a) logo após terem estado num restaurante ou bar.

Romance à distância

A sondagem, levada a cabo junto de um universo de 685 pessoas, revelou ainda outros números curiosos: 86% dos inquiridos admitiram já ter tido um caso amoroso via SMS; 14% admitiram já ter terminado uma relação por essa via e 6% consideraram não ser uma forma correcta de o fazer; 90% já tiveram «sexo por SMS», dos quais 44% com o próprio parceiro e 14% com um(a) amante; 7% manteve «sexo por SMS» com alguém desconhecido, o que poderá – ou não… – ter a ver com o facto de 83% já terem mandado uma SMS ou MMS para a pessoa errada pelo menos uma vez.