NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
A Zynga já não precisa tanto do Facebook

A Zynga já não precisa tanto do Facebook

sexta-feira, 22 março, 2013 /
A Zynga já não precisa tanto do Facebook

A Zynga já não é a menina dos olhos do Facebook e vai procurar reduzir a sua dependência da rede social de Mark Zuckerberg.

A Zynga, mais conhecida por ter produzido clássicos do Facebook como o Farmville e o Cityville, lançou na passada quarta-feira o seu novo website. A principal novidade passa por permitir que os jogadores criem as suas próprias contas de utilizador sem necessariamente terem que recorrer às suas contas no Facebook, num passo que pretende reduzir a sua dependência da rede social de Mark Zuckerberg.

A Zynga já não precisa tanto do Facebook

Segundo o director-executivo da Zynga, Tim Catlin, os utilizadores não querem estar necessariamente presos às suas contas no Facebook, optando por criarem nomes específicos para as suas contas na ZyngaAntes era preciso usar a nossa conta de Facebook para jogar, mas daqui para a frente isso vai mudar. Os jogadores poderão, contudo, ter a opção de escolher utilizar as suas contas de Facebook ou a criarem uma conta própria na plataforma da Zynga.

A Zynga e o Facebook foram, outrora, parceiros quase inseparáveis e responsáveis por uma relação muito lucrativa para ambas as partes. Mas em parte a dependência da Zynga pela rede social começou a revelar os seus efeitos mais negativos quando os jogos da empresa começaram a perder popularidade contra outros concorrentes, o que obrigou a empresa a apostar numa estratégia mais diversificada.

3,997