NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Facua denuncia que operadores móveis encaixam mais de mil milhões por ano em arredondamentos

Facua denuncia que operadores móveis encaixam mais de mil milhões por ano em arredondamentos

quarta-feira, 03 dezembro, 2003 /
A Federação Andaluza de Consumidores em Acção (Facua) apresentou queixa dos três operadores em diversos organismos devido a este facto. Segundo a notícia da agência Europa Press, a Facua crê que, ao facturar segundos que os utilizadores não consomem, os operadores móveis estão a violar a Lei Geral para a Defesa dos Consumidores, que considera abusivas quaisquer condições que imponham aumentos de preços por serviços não prestados. A Federação calcula que em 2002 a Telefónica Móviles, a Vodafone e a Amena facturaram irregularmente uma média de 20,29 euros a cada cliente que utiliza os cartões pré-pagos e 59,38 euros a cada utilizador do sistema de contrato, o que totaliza receitas «irregulares» na ordem dos 1,175 milhões de euros. A Facua assegura que optou «pela precaução» na altura de realizar estes cálculos, já que fez as estimativas por baixo. A denúncia foi apresentada ao Instituto Nacional de Consumo, à Secretaria de Estado de Telecomunicações e à Comissão do Mercado das Telecomunicações (CMT).
2,829