NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Jazztel plc anuncia resultados do terceiro trimestre de 2000

Jazztel plc anuncia resultados do terceiro trimestre de 2000

segunda-feira, 30 outubro, 2000 /
A Jazztel regista um crescimento de 207% no número de clientes de acesso directo provisionados, consequência do forte empenho na construção de uma rede de telecomunicações Ibérica própria, base da sua estratégia de negócio.

27 de Outubro de 2000

A Jazztel p.l.c., operador de telecomunicações e fornecedor de acessos de Internet, que está a construir uma rede de telecomunicações de fibra óptica e acesso fixo via rádio (FWA) de banda larga para ligar os principais centros de negócio em Portugal e Espanha e que está centrado na prestação de serviços e desenvolvimento de conteúdos para empresas e particulares, nestes países, anunciou os seus resultados relativos ao terceiro trimestre de 2000. Os valores são apresentados em Euros, de acordo com US GAAP.


Principais destaques do trimestre, relativos à Jazztel Portugal - Serviços de Telecomunicações, S.A:

01/07/2000 A Jazztel Portugal viu aprovada pela Câmara Municipal da Maia, a construção de 7 Km's de rede de fibra óptica (Backhaul Metropolitano) na cidade da Maia.

12/07/2000 A Jazztel viu aprovada pelo Metropolitano de Lisboa, a instalação de 30 Km's de rede de fibra óptica (Backhaul Metropolitano) na estrutura da rede do metropolitano de Lisboa.

19/07/2000 A Jazztel Portugal beneficia de um acordo estabelecido entre a Jazztel plc e a Microsoft Ibérica que visa uma colaboração para o mercado de Application Service Provider (ASP). Este acordo permite que a Jazztel Portugal - Serviços de Telecomunicações, S.A. comece a oferecer serviços de correio electrónico, comércio electrónico, bases de dados e Office 2000 aos seus clientes de Acesso Directo e Indirecto, através da plataforma ASP, o que permite aos utilizadores aceder às aplicações de uma forma mais fácil, segura e estável.

21/07/2000 A Jazztel Portugal e a Ericsson Telecomunicações, Lda. assinam contrato de fornecimento de soluções empresariais com vista a optimizar as ofertas disponibilizadas pela Jazztel Portugal aos seus Clientes.

26/07/2000 A Jazztel Portugal patrocina a Rede de Quiosques Multimédia da Fundação Bracara Augusta que reconstitui virtualmente a cidade romana, mostrando a sua topografia, organização dos espaços, as origens da cidade de Braga e a sua evolução até à Idade Média, uma iniciativa da Câmara Municipal de Braga no âmbito das comemorações do Bimilenário da cidade.

28/07/2000 Diferimento pela APL - Administração do Porto de Lisboa de projecto da Jazztel Portugal com pedido de licenciamento de construção de condutas no subsolo para passagem de fibra óptica entre a Sede da APL e a estação de metropolitano do Cais do Sodré passando pelo Edifício Jazztel.

24/08/2000 Diferimento pela Câmara Municipal do Porto de projecto da Jazztel Portugal com pedido de licenciamento de construção de condutas no subsolo para passagem de fibra óptica em 69Km's do Município do Porto.

31/08/2000 A Jazztel Portugal lança mais um produto da família Jazznet - o Jazzpro. Dirigido a profissionais e utilizadores exigentes de Internet, mercado SOHO (Small Office Home Office), o Jazzpro privilegia a rapidez e fiabilidade na net. O Jazzpro apresenta-se como o produto da gama de "Internet paga" mais competitivo do mercado.

22/09/2000 A Jazztel Portugal operacionaliza o "memorandum de entendimento" com a NetRail garantindo a utilização por 20 anos de fibra escura nas redes nacionais ferroviárias e de águas exploradas respectivamente pela REFER - Rede Ferroviária Nacional, E.P., e pelo IPE - Investimentos e Participações Empresariais, S.A.

28/09/2000 Conclusão de ligação de três estações base de acesso fixo via rádio (base stations de FWA) instaladas no Hotel Sheraton, Hotel Penta e Olivais Shopping Center.

29/09/2000 A Jazztel Portugal inicia a sua campanha de pré-selecção e apresenta ao mercado uma proposta de preços e benefícios muito competitiva ("Opção Jazztel, sem prefixo"). A originalidade da sua proposta diferencia mais uma vez a Jazztel Portugal do restante mercado de telecomunicações em Portugal, transferindo mais uma vez para os consumidores os benefícios decorrentes do processo em curso da liberalização das telecomunicações em Portugal.

29/09/2000 Mobijazz, consórcio constituído pela Jazztel, Sonera, Mota / Engil, Central Banco de Investimento e JP Morgan Capital Corp., entrega no ICP - Instituto de Comunicações de Portugal, a sua candidatura para a atribuição de uma licença de UMTS.


Principais destaques do trimestre, relativos à Jazztel plc

· Aumentou as receitas em cerca de 322% no terceiro trimestre de 2000, face às receitas obtidas no terceiro trimestre de 1999;
· Aumentou a sua margem bruta positiva de 10,4% no segundo trimestre de 2000 para 11,9% no terceiro trimestre de 2000;
· Diminui as perdas de EBITDA em 3,2 milhões de Euros face ao segundo trimestre de 2000;
· Construiu mais 495 km's de rede de fibra óptica de acesso local atingindo um total de 1.320 km's;
· Manteve um crescimento sustentado do serviço de acesso directo, com mais 174 contratos assinados durante o terceiro trimestre, aumentando 32% face ao segundo trimestre atingindo um total de 607 contratos assinados, no final do trimestre;
· A 4 de Setembro a Jazztel anunciou a venda da Ya.com Internet Factory, o seu acesso à Internet para clientes residenciais e subsidiária de conteúdos, à T-Online, subsidiária da Deutsche Telecom, por um valor total de 550 milhões de Euros. Paralelamente, a T-Online assumiu 28 milhões de Euros relativos a passivos, que foram reembolsados à Jazztel. A transacção foi concluída a 11 de Outubro de 2000;
· A 22 de Setembro a Jazztel adquiriu a Adatel, uma empresa de integração de sistemas para PME's em Espanha, especializada em cablagem estruturada, instalação de PBX e instalação e manutenção de redes de dados. Esta aquisição irá acelerar o fornecimento do serviço de acesso directo aos seus clientes e reforçará as capacidades de manutenção e de apoio aos clientes da Jazztel;
· Nomeação de Pedro Mayor como novo "Chief Operating Officer" da Jazztel plc;
· Nomeação de dois novos Administradores para o Conselho de Administração da Jazztel plc: Alfredo Pastor e Vítor Martins;
· Estabelecimento de parcerias estratégicas com a Intel, para o desenvolvimento de três centros de dados em Madrid, Barcelona e Lisboa;
· A 26 de Outubro de 2000, a Jazztel apresentou na CNMV o seu processo para admissão à cotação no Novo Mercado Espanhol. Neste momento, não se perspectiva que esse processo de cotação venha a envolver a venda de acções da Jazztel plc;
· A posição de liquidez da Jazztel inclui 418 milhões de Euros de capital disponível e 10,65 milhões de acções da T-online, com um valor de mercado de cerca de 240 milhões de Euros.


Informação financeira:

Durante o terceiro trimestre do ano a Jazztel plc aumentou para 32,5 milhões de Euros o valor das receitas, contra os 23,2 milhões de Euros alcançados no primeiro trimestre, representando um crescimento de 322% face aos 7,7 milhões de Euros relativos ao final de Setembro de 1999.

Os dados apresentados não incluem o impacto da venda da Ya.com Internet Factory à T-Online, subsidiária da Deutsche Telekom, concluída em 11 de Outubro de 2000.

O Grupo alcançou uma margem bruta positiva de 2,3 milhões de Euros no segundo trimestre, após ter verificado no trimestre anterior uma margem negativa de 1,96 milhões de Euros.

A margem bruta das vendas aumentaram novamente, atingindo 11,9% no trimestre em análise contra 10,4% do trimestre anterior. As perdas ajustadas do EBITDA diminuíram em 3,2 milhões de Euros.

O total de receitas do terceiro trimestre de 2000 aumentaram para 32,5 milhões de Euros, representando um crescimento de 322%, face aos 7,7 milhões de Euros alcançados em igual período do ano passado.


Dados operacionais de negócio:

Milhões de Euros(a)


  • 1º Trimestre 1999
    • Receitas brutas exc. YIF(b) = 7,7
    • Margem Bruta exc. YIF = (16,3)
      • % Vendas = -211,8%

    • EBITDA exc. YIF(c) = (70,7)
      • % Vendas = -918%

    • Capex exc. YIF = 21,5

  • 2º Trimestre 2000
    • Receitas brutas exc. YIF(b) = 32,8
    • Margem Bruta exc. YIF = 3,5
      • % Vendas = 10,4%

    • EBITDA exc. YIF(c) = (28,2)
      • % Vendas = -83%

    • Capex exc. YIF = 54,7

  • 3º Trimestre 2000
    • Receitas brutas exc. YIF(b) = 32,5
    • Margem Bruta exc. YIF = 3,9
      • % Vendas = 11,9%

    • EBITDA exc. YIF(c) = (24,9)
      • % Vendas = -77%

    • Capex exc. YIF = 28,0

  • % Crescimento
    • Receitas brutas exc. YIF(b) = -1,0%
    • Margem Bruta exc. YIF = 11,4%
      • % Vendas = ()-

    • EBITDA exc. YIF(c) = 11,7%
      • % Vendas =(-)

    • Capex exc. YIF = -49%


(a) Exclui a venda da Yacom Internet Factory em 11 de Outubro de 2000.
(b) Exclui 0.9 milhoes de Euros de receitas não recurrentes do 2º trimestre de 2000.
(c) Exclui o impacto de compensações não financeiras efectuadas no valor de 1,41 milhões de Euros e de 1,64 milhões de Euros respectivamente no 2º e 3º trimestre de 2000.

Todos os valores do quadro seguinte são acumulados no final do exercício, excepto os que estão assinalados com um (*) e que se referem apenas ao trimestre.

 


  • 2º Trimestre 2000
    • Distribuição da Rede
      • Acesso local (Km's construídos) = 807
      • Rede backbone (Km's construídos) = 4.220

    • Acesso Directo
      • Força de vendas = 103
      • Contratos celebrados = 460
      • Edifícios ligados = 84

    • Acesso Indirecto
      • Número de Clientes = 659.200
      • Número de linhas = 1.054.000

    • ISP Empresarial
      • Clientes Activos de Jazznet= 8.650
      • Clientes de ADSL = 290

    • Carrier's Carrier
      • Contratos de conclusão de tráfego = 12
      • Contratos de negociação de carrier = 16

    • Minutos de tráfego (milões)* = 443*

    • Empregados no final do exercício excluindo venda da YIF = 611


  • 3º Trimestre 2000
    • Distribuição da Rede
      • Acesso local (Km's construídos) = 1.302
      • Rede backbone (Km's construídos) = 4.237

    • Acesso Directo
      • Força de vendas = 168
      • Contratos celebrados = 607
      • Edifícios ligados = 258

    • Acesso Indirecto
      • Número de Clientes = 680.900
      • Número de linhas = 1.101.000

    • ISP Empresarial
      • Clientes Activos de Jazznet = 7.175
      • Clientes de ADSL = 341

    • Carrier's Carrier
      • Contratos de conclusão de tráfego = 24
      • Contratos de negociação de carrier = 16

    • Minutos de tráfego (milões)* = 479*

    • Empregados no final do exercício excluindo venda da YIF = 712

     

  • % Crescimento
    • Distribuição da Rede
      • Acesso local (Km's construídos) = 61%
      • Rede backbone (Km's construídos) = 0.4%

    • Acesso Directo
      • Força de vendas = 63%
      • Contratos celebrados = 32%
      • Edifícios ligados = 207%

    • Acesso Indirecto
      • Número de Clientes = 3,3%
      • Número de linhas = 4,5%

    • ISP Empresarial
      • Clientes Activos de Jazznet = -17%
      • Clientes de ADSL = 17,6%

    • Carrier's Carrier
      • Contratos de conclusão de tráfego = 100%
      • Contratos de negociação de carrier = 0%

    • Minutos de tráfego (milões)* = 8,1%

    • Empregados no final do exercício excluindo venda da YIF = 16,5%

 

Sumário das Operações

Excluindo o impacto da venda da Yacom Internet Factory, o Grupo Jazztel alcançou no terceiro trimestre de 2000 um total de receitas de 32,5 milhões de Euros, registando um crescimento de 322% face aos 7,7 milhões de Euros alcançados no terceiro trimestre de 1999 e baixou 1% face aos 32,8 milhões de Euros registados no segundo trimestre de 2000 sobretudo devido à estabilização de consumo verificado nos meses de verão. A margem bruta foi de 3,9 milhões de Euros no terceiro trimestre de 2000, melhorando em 11,4% relativamente ao resultados de 3,5 milhões de Euros registados no segundo trimestre de 2000. A margem bruta como percentagem de vendas e excluindo o impacto resultante da venda da YIF aumentou de 10,4% no segundo trimestre de 2000 para 11,9% no terceiro trimestre 2000. O valor ajustado das perdas do EBITDA excluindo o impacto resultante da venda da YIF diminuí para 24,9 milhões de Euros, face aos 28,2 milhões de Euros de perdas registados no segundo trimestre de 2000.

António Carro, CEO e Vice Chairman da Jazztel plc, comentou estes resultados:
"Este trimestre constitui um marco para a Jazztel. Com a venda da Yacom Internet Factory à T-Online, empresa líder no mercado de Internet europeu, demonstrámos a nossa capacidade para gerar valor para os nossos accionistas. A transacção da YIF melhorou significativamente a nossa posição, fornecendo recursos adicionais para financiarmos o nosso plano de negócio num horizonte de, pelo menos, dois anos. Com recursos excedentes de cerca de 650 milhões de Euros, estamos neste momento numa posição invejável para nos concentrarmos no nosso core business de fornecimento de acesso de serviços de banda larga a PME's ibéricas e para reforçar a nossa posição como "carrier" alternativo na Península Ibérica."

Relativamente à evolução operacional da empresa, António Carro acrescentou:
"Este trimestre demonstrou que estamos fortemente empenhados em gerar lucro operacional. Num trimestre que é normalmente caracterizado por crescimentos mais fracos, devido ao consumo mais fraco durante o Verão, particularmente nos negócios, conseguimos manter a nossa evolução paralela às previsões e, mais importante, aumentar a nossa margem bruta e reduzir os custos operacionais, muito acima das expectativas. Estamos confiantes que o desenvolvimento da nossa rede e o fornecimento de serviços de acesso directo aos nossos clientes permitirão que encontremos ainda mais rapidamente a rentabilidade de negócio esperada para breve."


Sucesso no desenvolvimento operacional da Jazztel:

Durante este trimestre de 2000 a Jazztel manteve a implementação efectiva da sua estratégia de acesso directo. O Grupo alcançou no final do terceiro trimestre de 2000 um total de 607 contratos de fornecimento de serviço de acesso directo e procedeu à ligação de 258 clientes directamente à sua rede, representando um crescimento de 207% face ao trimestre anterior.

Antonio Carro comentou estes desenvolvimentos:
"Estamos muito satisfeitos com a evolução do fornecimento de serviço de acesso directo e com o rápido crescimento de ligações directas. Durante este trimestre tomámos a iniciativa estratégica para assegurar que esta tendência irá ainda mais longe. Adquirímos a Adatel, uma empresa especializada no fornecimento de soluções de telecomunicações para PME's. Estamos confiantes que a Adatel tem o conhecimento técnico necessário e os melhores recursos humanos disponíveis na Península Ibérica para fornecer os serviços com a melhor qualidade e, por isso, acreditamos que esta aquisição, em conjunto com o desenvolvimento contínuo da nossa estratégia de construção de rede, melhorará significativamente as nossas capacidades de serviço de acesso directo."

Até 30 de Setembro de 2000, a Jazztel construiu 1.302 km de acesso local, um crescimento de 61% relativamente ao número de km's construídos no final do segundo trimestre de 2000. O Grupo tem 730 km adicionais de licenças de construção concedidas, a maioria dos quais se encontram já em construção. A Jazztel continua a submeter pedidos de licença de construção e tem, neste momento, 1.895 km de pedidos de licenças para aprovação municipal. A Jazztel tem já fibra óptica operacional em 5 cidades incluindo Madrid, Barcelona, Valencia, Alcobendas e Coslada e continua a executar o seu plano para completar a construção da rede o mais rapidamente possível.


Km's construídos


  • 2º Trimestre 2000 = 807
  • 3º Trimestre 2000 = 1.302
  • Crescimento = 61%

Km's com licenças de construção e em processo de construção


  • 2º Trimestre 2000 = 651
  • 3º Trimestre 2000 = 730
  • Crescimento = 12,1%

Km's com licenças para construção já solicitadas


  • 2º Trimestre 2000 = 1.652
  • 3º Trimestre 2000 = 1.895
  • Crescimento = 14,8%


O acordo com a Intel, a 3 de Outubro de 2000, reveste-se também de extrema inportância para o desenvolvimento de negócios da Jazztel. A aliança estratégica com a Intel irá permitir o desenvolvimento de 3 centros de dados de forma a fornecer serviços em regime de ASP em toda a península ibérica. Os centros de dados serão instalados em Madrid, Lisboa e Barcelona. Este acordo vem reforçar a decisão da Jazztel para operar no mercado de ASP's e aproveita a estratégia mundial da Intel para implantar centros de dados com tecnologia própria para suportar serviços de aplicações através da Internet. A Intel fornecerá os centros de dados da Jazztel contando com a participação de empresas certificadas na instalação e suporte de soluções baseadas em tecnologia Intel (Intel Premier Providers).


Informação Financeira adicional:

Nota: Todos os dados apresentados excluem o impacto da venda da Yacom Internet Factory, cuja venda à T-online, uma subsidiária da Deutsche Telekom, foi efectivada no dia 11 de Outubro de 2000.

Com os resultados do 3º trimestre de 2000 a Jazztel consegue atingir resultados positivos acima das expectativas delineadas em Plano de Negócio. Conseguiu reduzir as perdas de EBITDA em 3,2 milhões de Euros face ao trimestre anterior. As margens brutas aumentaram novamente de 11,9% para 10,4%, igualmente em relação ao trimestre anterior. A Jazztel demonstra desta forma uma clara tendência para atingir uma base de rentabilidade de negócio através da construção de uma base de receitas sólida derivada de resultados de acesso directo e de Internet, que excluindo o impacto financeiro da venda da YIF, alcançaram neste trimestre cerca de 20% do total das receitas. A Jazztel irá manter o enfoque no desenvolvimento da rede e angariação de clientes de acesso directo, os elementos chaves da estratégia da Jazztel e da procura de rentabilidade.

Receitas:
As receitas totais do 3º trimestre de 2000 cresceram para 32,5 millhões de Euros, um crescimento de 322% em relação aos 7,7 milhões referentes ao mesmo período do ano anterior.
As receitas de acesso directo cresceram cerca de 128% de 0,7 milhões de Euros do 2º trimestre de 2000 para 1,6 milhões de Euros no período em análise. Os resultados de Acesso Indirecto cresceram 2,6% de 22,8 milhões de Euros do 2º trimestre de 2000 para 23,4 milhões de Euros neste último trimestre. As receitas de Carrier diminuíram cerca de 54,4% de 5,7 milhões de Euros do 2º trimestre de 2000 para 2,6 milhões de Euros no 3º trimestre de 2000. Esta diminuição deve-se à diminuição de oportunidades de arbitragem na terminação de tráfego e na realização de contratos internacionais. As receitas de Internet cresceram 36,1% de 3,6 milhões de Euros do 2º trimestre de 2000 para 4,9 milhões de Euros neste último trimestre.

Custo das vendas:
O custo das vendas durante este trimestre foram de 28,6 milhões de Euros, contra os 70,7 milhões de Euros verificados no mesmo período do ano anterior. Esta diminuição representa um favorável desenvolvimento de negócio. As margens brutas de vendas aumentaram de um valor negativo de 212% no terceiro trimestre de 1999 para um valor positivo de 10,4% no segundo trimestre de 2000 e de 11,9% no 3º trimestre de 2000. As margens brutas de vendas excluindo o impacto de receitas extraordinárias não recurrentes cresceram de 7,9% no 2º trimestre para 11,9% no trimestre actual, apesar da diminuição de receitas por motivos de variação sasonal do negócio.

Despesas de vendas, administrativas e gerais:
As despesas referentes ao terceiro trimestre de 2000 foram de 30,5 milhões de Euros comparados com os 54,4 milhões de Euros do terceiro trimestre do ano de 1999, o que representa um decréscimo de 44%. Esta diminuição também se verificou no trimestre actual em cerca de 8% face ao trimestre anterior sobretudo devido a reduções de custos de aquisição de clientes e aumento de eficiência do nosso centro de atendimento a clientes.

EBITDA:
As perdas do 3º trimestre de 2000 foram de 24,9 milhões de Euros contra os 70,7 milhões de Euros do mesmo período em 1999, o que representa uma descida de 65%. As perdas de EBITDA diminuíram em 3,2 milhões de Euros face ao periodo anterior o que representa uma diminuição de cerca de 11,4% e comprova o rigoroso controlo de custos da Jazztel.

5,821
Tags
Fixa