NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Novo operador UZO arranca hoje

Novo operador UZO arranca hoje

quarta-feira, 22 junho, 2005 /
Novo operador UZO arranca hoje Marca da TMN com tarifas baixas e simples. A UZO, que não é exactamente um novo operador mas uma marca nova da TMN (tal como a Yorn é da Vodafone), vem introduzir no sector a filosofia de terminais e tarifas mais baixos, isto é, o segmento «low-cost». É algo comparável, por exemplo, aos supermercados de cadeias estrangeiras que têm vindo a abrir como cogumelos (ex. Lidl ou DIA).

Com um tarifário único de 16 cêntimos por minuto, nas chamadas de voz para qualquer rede fixa ou móvel, em qualquer dia e a qualquer hora, e de 8 cêntimos por SMS, a UZO tem como alvo os utilizadores que apenas querem falar e/ou enviar mensagens escritas. Sem carregamentos obrigatórios, têm apenas que fazer um gasto de quatro em quatro meses.

Em suma, os clientes-tipo da UZO têm idades entre os 20 e os 30 anos e procuram tarifários simples e baratos. E também os terminais já disponíveis, desbloqueados e que pode conhecer ao pormenor no nosso expositor, são das gamas mais baratas, como é o caso do Nokia 1100, do Nokia 2600, do Motorola V180 e do Siemens A70.

A marca tem, também ela, custos reduzidos e parte de um investimento de cinco milhões de euros, essencialmente na campanha de lançamento. Utilizará a rede GSM da TMN e conta com uma equipa de apenas 15 pessoas, liderada por João Mendes, um dos responsáveis pelo nascimento do primeiro cartão pré-pago do mundo (o Mimo da TMN, há 10 anos).

A comercialização será feita prioritariamente através do site da UZO na Internet, onde os preços praticados são melhores do que nos restantes pontos de venda, como as tabacarias, os postos da Galp, as lojas dos CTT e da Valentim de Carvalho. Curiosamente, a UZO não estará presente nas lojas TMN.

Neste panorama, a nova marca funcionará como se se tratasse realmente de um novo operador e pretende captar novos clientes para o sector móvel, além de «roubar» aos outros operadores, incluindo à própria TMN.

O presidente da TMN, Iriarte Esteves, está convencido de que a UZO poderá conquistar 300 mil clientes nos primeiros 12 meses de operação e atingir um milhão dentro de três anos, o que corresponderia a cerca de 10% do mercado e seria equivalente às quotas de mercado alcançadas noutros países por marcas/operadores equivalentes.

Refira-se que o lançamento da UZO, iniciado ontem à noite com spots televisivos, foi preparado ao longo de três meses no maior segredo a que apenas tiveram acesso alguns dos quadros de topo da TMN.
11,590