NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Telecomunicações de Moçambique e Alcatel Portugal assinam acordo

Telecomunicações de Moçambique e Alcatel Portugal assinam acordo

sábado, 19 junho, 1999 /
As Telecomunicações de Moçambique (TDM) e a Alcatel Portugal assinaram quinta-feira em Maputo um acordo para a instalação de um sistema digital. «Maputo, 18 Jun (Lusa) - As Telecomunicações de Moçambique (TDM) e a Alcatel Portugal assinaram quinta-feira em Maputo um acordo para a instalação de um sistema digital que permitrá a ligação telefonica digital e Internet entre Xai-Xai, provincia de Gaza, e Massina, em Inhambane. O convénio foi assinado pelos presidentes da Alcatel Portugal, Rui Fernandes, das Telecomunicações de Moçambique (TDM), Rui Fernandes, E do Banco Comercial de Investimentos em Moçambique, Jose Manuel Figueira, entidade financiadora. O sistema a ser intalado, uma auto-estrada de informação, tem uma capacidade de transmissão que poderá abarcar cerca de 1.900 canais a 64 bits por segundo e incorpora os ultimos desenvolvimentos tecnológicos a nivel de transmissão digital que permite suportar a extensão do serviço móvel celular, na região sul do pais. Permite ainda interligar ramais transversais para suporte de comunicações rurais no troço entre Xai-Xai, Chizavane, Zandamela, Quissico, Inharrime, Cumbana, Maxixe Radio, Morrumbene e Massinga. O financiamento de 6,5 milhões de dólares (1,3 milhòes de contos) do projecto foi assegurado pela Caixa Geral de Depósitos (CGD) e pelo Banco Comercial de Investimentos (BCI). Jose Manuel Figueira, do BCI, em Moçambique, disse à agencia Lusa que a sua instituição tem apostado no empreendimento moçambicano, tendo anteriormente concedido o aval bancário ou financiamentos para outros projectos como o Corredor de Nacala e a parte moçambicana da auto-estrada Witbank/Maputo, garantias de 5 milhões de dolares e 7,2 milhões de dólares respectivamente. Este banco, que tem ampliado as suas delegações ao longo das principais cidades do pais, tem em fase de conclusão a apreciação de alguns projectos de financiamento ou garantia, alguns deles ja concluidos, que dizem respeito a financiamento para areas como turismo, pescas, produçao agricola e serviços. O presidente das Telecomunicações de Moçambique, Rui Fernandes, disse que este projecto, no montante de 6,5 milhões de dólares, "fecha Com chave de ouro" o programa quinquenal do governo, estando tambem em curso negociações para outros mais arrojados. Também o Presidente da Alcatel Portugal, Rui Fernandes (o mesmo nome que o responsável da TDM), que se deslocou a Maputo para a assinatura do contrato, ganho em concurso internacional, referiu a importância do projecto em Moçambique por ser considerado uma "ponte" para a Africa Austral. «Moçambique é o pais africano de lingua portuguesa que tem o rigor de gestão e uma estrategia politica que nos dá confiança. Espero que este projecto, que em termos de montante é o primeiro do género, seja tambem o primeiro de muitos outros», disse.»
3,464