Sonaecom tem novo perito contra Anacom

Processo sobre assimetria tarifária

O professor da Faculdade de Economia e Gestão da Universidade Católica Portuguesa, no Porto, substitui Ferrari Careto que tinha sido nomeado perito pela Sonaecom, na sequência do processo movido por esta à Anacom, depois do regulador decidir terminar com a assimetria tarifária a partir de 2006.

A assimetria tarifária significa que a TMN e a Vodafone pagavam mais à Optimus pelas chamadas terminadas nessa rede do que a Optimus pagava a qualquer uma delas pelo mesmo serviço.

Em 2006, a Sonaecom decidiu contestar a decisão da Anacom de acabar com a assimetria tarifária, pelo que foi nomeada uma comissão arbitral para gerir o assunto, com três membros – um indicado por cada uma das partes e um escolhido conjuntamente.

O jornal “Expresso” noticiou na última edição que José Manuel Ferrari Careto, administrador da Anacom desde Junho de 2006, tinha sido o perito indicado pela Sonaecom.

Contudo, também citado pelo “Expresso”, Ferrari Careto diz que não teve conhecimento de ter sido indicado como perito nesse processo.