Sony Ericsson abandona CDMA

O quinto maior fabricante anunciou que vai deixar de produzir terminais para o mercado americano.

O fabricante recusou-se ainda a adiantar se vai ou não apresentar lucros anuais, afirmando que irá fornecer mais detalhes acerca da sua posição financeira no próximo dia 18 de Julho. No ano passado foram vendidos nos Estados Unidos cerca de 90 milhões de terminais CDMA. A Sony Ericsson, apesar de ter uma presença minoritária neste mercado, tinha anunciado em Março que iria lançar dois modelos para o mercado americano. Em relação à redução de pessoal, a razão prende-se sobretudo com um decréscimo da quota global da Sony Ericsson face à Nokia, e face à concorrência asiática, que tem vindo a aumentar desde há cerca de um ano. A Sony Ericsson afirmou que irá concentrar-se noutros standards como o GSM, UMTS e EDGE, para além de continuar a fornecer terminais CDMA fora dos Estados Unidos.