Sony Ericsson perde 164 milhões em três meses

Forte queda das vendas entre Julho e Setembro e custos de reestruturação da empresa motivaram mau resultado da empresa.

A fabricante de telemóveis Sony Ericsson anunciou esta sexta-feira perdas de 164 milhões de euros no terceiro trimestre, resultado da forte queda das vendas e dos custos de reestruturação da empresa. Na apresentação destes resultados, a Sony Ericsson assegurou aos accionistas que a empresa beneficiará de uma injecção financeira das casas-mãe. Em igual período do ano passado, a «joint-venture» da LM Ericsson e da Sony Corp. obteve prejuízos que rondaram os 25 milhões de euros.