Sony Ericsson W800i

O «telefone walkman» da Sony Ericsson exibe características não só idênticas como superiores ao K750i, começando no cartão Memory Stick Duo com uns generosos 512 MB de memória…

Sony Ericsson W800i

CARACTERÍSTICAS
Ecrã : LCD, resolução de 176×220 pixéis, capazes de 262 mil cores.
Dimensões : 10 x 4,6 x 2,05 cm. Peso de 99 gramas.
Câmara : 2 megapixeis (resolução até 1632×1224 pixéis) c/ zoom digital 4x. Grava vídeo.
Multimédia : Inclui rádio FM, Leitor Multimédia e editores altamente capazes (Music DJ, PhotoDJ e VideoDJ). Java MIDP2. Alta-voz.
Messaging : E-mail com suporte POP3 e IMAP, SMS, MMS, WAP 2.0
Conectividade: Bluetooth, infra-vermelhos e cabo USB (duplica como alimentador da bateria).
Redes : Tribanda GSM (900/1800/1900) c/ GPRS e HSCSD.
Memória: 34 MB internos + slot para cartões Memory Stick Duo (até 1GB, inclui um de 512MB).
Bateria : 900 mAh. Reclama até 9 horas em conversação e 400 em espera.

Prós: Cartão de memória de 512 MB, câmara, compacto para as funcionalidades que oferece, software completo e funcion al, rádio FM c/ RDS.
Contras: A inclusão de Push to Talk seria bem vinda.

Depois de termos ficado francamente impressionados com o K750i, tivemos agora oportunidade de ter em mãos o novo W800i. O que parecia improvável sucedeu: o «telefone walkman» da Sony Ericsson exibe não só características idênticas como superiores: começando no cartão Memory Stick Duo com uns generosos 512 MB de memória e passando pelas soluções de desenho e ergonomia encontradas. Se o K750i era excelente, o W800i consegue o prodígio de ser ainda melhor, confirmando o momento de grande forma da marca que parece ter atinado com a galinha dos ovos de ouro ao rechear com todas funcionalidades monoblocos com um desenho moderno e apelativo a par de uma câmara com prestações ímpares.

Design

No plano do desenho o W800i é bastante idêntico ao K750i, exibindo ambos uma dimensão de 100x46x20.5 mm e 99 gramas de peso.

O número e disposição das teclas e botões é equivalente, destacando-se apenas os alfanuméricos frontais do W800i pela forma arredondada das suas extremidades e pelo facto de os quatros botões de funcionalidades (dois de navegação nos menus e os dois de retorno e anulação) terem uma dimensão maior e, por conseguinte, uma facilidade de maneio superior.

Sony Ericsson W800i

De resto, ambos ostentam ecrãs LCD de 176×220 pixéis de resolução, capazes de reproduzir 262 mil cores, residindo a diferença mais marcante entre os dois nas cores porque se optou, sendo que o tom predominantemente branco-creme do W800i, contrastado pelo laranja metalizado que o cobre lateralmente, lhe confere um ar mais jovial e jovem. De realçar o pormenor do joystick ter sido coroado com uma incrustação plástica nesse mesmo tom, produzindo um efeito agradável.

À parte a questão a cor, a outra diferença predominante entre os dois modelos repousa, na metade posterior – ou lado de trás, como se prefira. Enquanto no K750i a cobertura deslizante que cobria a lente era maior, tendo uma forma rectangular que estendia a protecção ao pequeno espelho côncavo que visa auxiliar a função do auto-retrato, já no W800i, a cobertura, mais pequena e limitada ao orifício circular da lente, não se desliza directamente com o dedo, mas sim mediante um botão.

Sony Ericsson W800iNa metade posterior do W800i destaca-se assim um grande círculo prateado, saliente, imediatamente abaixo da luz tipo flash; o que contribui para aumentar a impressão de que estamos perante uma máquina fotográfica dedicada, e tanto mais quanto o manuseio do telefone para esse fim implica a sua colocação na horizontal, de modo também a retirar o máximo proveito do ecrã durante o enquadramento – no passado, recorde-se, chegou a ser frequente a solução, noutras marcas, em que o formato convencional rectangular da foto (deitada) não era acompanhado pelo formato normal dos ecrãs do telefone (em regra rectangulares, ao alto) de tal modo que, ao tirar a foto, o utilizador não via no ecrã a totalidade do enquadramento abrangido.

Imediatamente abaixo está a ranhura do altifalante, seja para alta-voz, durante uma chamada, seja para audição de música ou rádio.

De resto, estão presentes no W800i os seguintes botões adicionais: o botão de disparo da câmara, localizado lateralmente (ou em cima, à direita, com o telefone deitado – botão em torno do qual pisca uma pequena luz branco uma vez deslocada a protecção da lente, activando automaticamente a câmara); um botão dúplice, pressionável em duas direcções «+»/«-», situado na mesma face do de disparo que permite, durante a aquisição de uma foto, controlar o zoom e, durante a audição de áudio, controlar o volume; um botão multimédia (localizado lateralmente, na face oposta aos anteriores) que permite iniciar ou pausar o leitor de mp3 e ou o rádio (sendo a opção configurável).

Na topo superior do telefone encontramos o botão «on/off» e a porta de infra-vermelhos.

Em baixo, temos a entrada para o carregar e para o cabo de ligação USB. Tal e qual como com no K750i, o W800i inicia imediatamente a carga da bateria a partir da ligação USB, aquando da ligação a um PC e paralelamente à transferência de dados.

No canto inferior esquerdo, de lado, o terminal inclui um perne que possibilita atá-lo a uma fita para transporte ao pescoço.

Sony Ericsson W800i

Multimédia

Sony Ericsson W800i

Como «telefone walkman» o multimédia é evidentemente um dos pontos fortes do W800i; começando desde logo pelo facto de, ao ligá-lo, o utilizador ser confrontado com duas opções: «Iniciar telefone» ou «Só Música». Optando pela segunda – que funciona mesmo sem ter um cartão SIM, de operador, inserido – o utilizador tem a possibilidade de ter acesso ao leitor multimédia e – notavelmente – de mp3 e vídeo. O telefone pode deste modo funcionar, de facto, apenas como walkman.

Uma das críticas que tínhamos tecido ao K750i, o facto de a saída para auscultadores não ser um «jack» comum foi parcialmente colmatada pelo facto de o fio para auscultadores fornecido com o W800i ser constituído por duas partes: uma primeira metade tem de um lado a ficha que deve encaixar na base do telefone e, na outra, um jack convencional ao qual se podem ligar quaisquer auscultadores normais, caso o utilizador prefira usar outros que não os incluídos no segundo componente: um par deles, especialmente finos, que encaixam fundo nos ouvidos (ver fotos).

Com a inclusão padrão de um cartão de memória de 512 MB – em acréscimo aos 34 de memória própria – o utilizador fica com espaço bastante para transporte de faixas musicais (facilmente 100-150 mp3, dependendo da qualidade).

O software leitor de mp3, acessível pelo botão dedicado ao mediante o item de menu «walkman» é bastante capaz, organizando as faixas não só pelo seu nome como também pelos intérpretes, e permitindo igualmente criar «playlists». Para além dos formatos áudio, reproduz-se vídeo mpeg4. O volume é controlável mediante o botão lateral «+/-», sendo que o altifalante, localizado abaixo da câmara, na parte posterior do telefone, no volume máximo, se revela bastante satisfatório (inclusive para o rádio). De resto, a função Bass, assegura uma boa reprodução dos graves.

De destacar, para a reprodução de vídeo, uma opção «ecrã completo» que estica a imagem até ao tamanho máximo disponível do ecrã.

Sony Ericsson W800i

O rádio FM, com a função RDS (identifica as estações automaticamente pelo nome) carece da ligação dos auriculares para servirem de antena – permitindo no entanto a reprodução sonora no altifalante. A sintonização faz-se com o joystick, de tal modo que os movimentos verticais do mesmo permitem saltar automaticamente de estação em estação, enquanto o manuseio horizontal permite a «sintonia fina», manual. A memória disponível permite guardar até 20 estações, pelo respectivo nome.

Tanto o rádio como o leitor mp3 podem permanecer em funcionamento em fundo enquanto se continua a manipular o telefone para outros fins. Caso se receba uma chamada enquanto estes estão a tocar, a música é suspensa e substituída pelo toque de chamada.

Já no que toca ao suporte Java, o W800i suporta tanto os MIDPS 1 e 2. Testes por nós efectuados com o jbenchmark 3D (v. 3.10) produziram os seguintes valores :
High Quality: 124
Low Quality: 202
Triangles per second: 17860
Ktexels per second: 1328

Câmara

Vem com um complexo conjunto de ferramentas de ajuste e efeitos, mas o pormenor mais saliente da câmara de 2.0 megapixéis (AF 4.8 mm 1:2.8) do W800i, capaz de uma resolução máxima de 1632×1224 pixéis e de zoom digital até 4x, acaba por ser a eficiência do seu sistema de focagem automática que, na nossa experiência, raramente senão nunca produziu focos «tremidas» ou «borradas», sobretudo a partir do momento em que compreendemos que, uma vez premido o botão de disparo, o telefone demora um instante a fazer o ajuste e a capturar a imagem pelo que não basta disparar, é conveniente manter o telefone firme durante cerca de um-dois segundos, até a indicação «a guardar» surgir no ecrã.

Os resultados podem ser avaliados nas amostras apensas a este artigo (infra). É de salientar ainda a boa capacidade em produzir fotos luminosas, mesmo quando o ambiente onde estas são tiradas seja escuro.

De resto, aquando do enquadramento, o utilizador pode usar simplesmente o joystick (de forma bastante prática, com o polegar) para aumentar ou diminuir a luminosidade. Tal como no K750i, é ainda possível escolher um de cinco modos possíveis de «equilíbrio de brancos»: automático, luz diurna, nublado, luz fluorescente e luz incandescente.

Na opção «modo de fotografia» é possível optar entre tirar uma única foto, normal, ou fazer uma colagem de duas ou três como «panorama» (coladas por software), bem como aplicar «molduras» ou tirar uma sequência de «4 fotos seguidas».

O «tamanho da imagem» deixa-o escolher entre os modos «Grande» (1632×1224), Médio (640×480) ou Pequeno (160×120 – ideal para MMS).

Existe um modo de «fotografia macro» a usar para fotos de proximidade.

Um «modo nocturno» permite tirar fotos de noite.

Clique para ver no tamanho original >>” width=”166″ height=”125″ border=”0″></a></div>
</td>
<td>
<div align=Clique para ver no tamanho original >>” width=”166″ height=”125″ border=”0″></a></div>
</td>
<td>
<div align=Clique para ver no tamanho original >>” width=”166″ height=”125″ border=”0″></a></div>
</td>
</tr>
<tr>
<td>
<div align=Clique para ver no tamanho original >>” width=”166″ height=”125″ border=”0″></a></div>
</td>
<td>
<div align=Clique para ver no tamanho original >>” width=”166″ height=”125″ border=”0″></a></div>
</td>
<td>
<div align=Clique para ver no tamanho original >>” width=”166″ height=”125″ border=”0″></a></div>
</td>
</tr>
<tr>
<td>
<div align=Clique para ver no tamanho original >>” width=”166″ height=”125″ border=”0″></a></div>
</td>
<td>
<div align=Clique para ver no tamanho original >>” width=”166″ height=”125″ border=”0″></a></div>
</td>
<td>
<div align=Clique para ver no tamanho original >>” width=”166″ height=”125″ border=”0″></a></div>
</td>
</tr>
</table>
<p align=Legenda: Em cima, exemplos de fotos tiradas com o W800i. Clique sobre uma foto para a ver no tamanho original, conforme produzida pelo telemóvel.

Uma opção «Ligar Luz» activa o LED que permite iluminar e tirar fotos em ambientes mais escuros. Para esse efeito, porém, o utilizador pode adquirir, como acessório, um Flash MXE-60 (ver a ilustração, na pág. 6 deste artigo), que se liga à base do telefone e tem a capacidade de produzir um clarão muito mais potente.

Está também disponível uma opção para disparo retardado(«auto-temporizador»).

De entre os «efeitos» contam-se os Preto&Branco, Negativo, Sépia e Solarizar.

Existem apenas dois modos para a «Qualidade da Imagem»: «Normal» e «Alta», o primeiro permite economizar algum espaço de armazenamento, com prejuízo da definição. Mas com 512 MB de memória disponíveis no cartão isto não deverá ser um problema.

A opção «Ligar hora e data», quando activa, grava a data e a hora sobre a foto.

Software & Conectividade

Evitaremos, como exercício fastidioso, enumerar aqui todas as ferramentas de software que vêm com o terminal. Bastará apenas dizer que este usa a mesma interface gráfica do K750i – comum, aliás, a outros modelos Sony Ericsson – agrupando o menu inicial en 12 sugestivos ícones em grelha, o acesso aos quais desmultiplica os menus ora na forma de uma lista única de opções, ora na forma de sucessivos «tabs» (como no caso das «definições»), em cujo seio repousam sub-listas. O grafismo é impecável e a navegabilidade elevada.

Concomitantemente aos infra-vermelhos e ao cabo de dados incluídos, o telefone inclui suporte bluetooth que, para além da troca de informação com outros dispositivos, também permite o controlo de um PC – e mormente de apresentações PowerPoint e do Windows Media Player, podendo ainda ser o joystick como rato.

As possibilidades de uso como «Gestor Pessoal» são diversas, desde a definição de despertadores, ao acesso a um calendário de eventos e tarefas agendadas – sincronizáveis com o PC – bem como a introdução de notas de texto ou de voz. Um cronómetro, um memorizador protegido de códigos, calculadora e a possibilidade de usar o LED tipo flash como lanterna complementa as facilidades.

No que toca a jogos o terminal vem com dois: Quadrapop (versão do Tetris com temática pictórica musical) e PuzzleSlider. Mais jogos e software podem ser descarregados da página do fabricante.

A tecnologia de reconhecimento de comandos de voz para controlo do telefone é suportada e bem assim a personalização mediante uma série de temas pré-incluídos.

Para uso com o computador, com o telefone é incluído o software SonyEricsson PC Suite (incluindo ferramentas de sincronização, gestor de ficheiros, controladores de de modem e assistente de ligação à Internet, bem com um software para compor MMS no PC), o Adobe PhotoShop Album 2.0 Starter Edition, para edição de imagem, e o Disc2Phone, uma ferramenta que visa auxiliar a criação e transferência para o telefone de MP3 a partir de CDs de música.

Bateria e Acessórios

O W800i vem com uma bateria BST-37 de 900 mAh para a qual o fabricante reclama até 9 horas em conversação e 400 em espera. O consumo energético do terminal parece ser bastante eficiente, a julgar pelo facto de que, com um uso moderado mas efectivo do bluetooth e da câmara fotográfica, ela durar, na nossa experiência, até 4 dias sem problema de maior. O facto de o carregamento se fazer por USB contribui ainda para agilizar o processo, uma vez que fácil e inadvertidamente se carrega o telefone quando se está, por exemplo, por cabo, a trocar informação com o PC.

Os acessórios disponíveis, passíveis de serem usados com o W800i são inúmeros e vão desde vasta escolha de auriculares, inclusive bluetooth, a microfones, cabos áudio para ligação a sistemas de alta-fidelidade, berço de secretária, suporte, kits e carregador para automóvel etc.

Conclusão

A principal diferença entre o K750i e o W800i repousa na superior capacidade do cartão de memória incluído (64 contra 512 MB), nalguns pormenores do desenho e no direccionamento do segundo para funcionalidades específicas como Walkman. Escrito isto, resta-nos repetir o que já tínhamos dito para o primeiro modelo: trata-se de um telefone excelente, com uma câmara quase sem rival, um software muito completo e de grande facilidade maneio, solidez de construção e boa duração da bateria. Vivamente recomendável.

Sony Ericsson W800i