SonyEricsson aumenta lucros

O fabricante sueco-nipónico vendeu 10,7 milhões de telemóveis no terceiro trimestre.

A empresa, joint-venture da sueca Ericsson e do gigante japonês Sony, vendeu neste período 10,7 milhões de telemóveis, o que corresponde a um aumento de 51% face a terceiro trimestre do ano passado.

Os resultados, superiores às previsões dos analistas, não constituiram porém surpresa e o mercado ficou expectante quanto aos resultados da finlandesa Nokia, número um mundial do sector e cuja quota de mercado baixou nos últimos meses. O director-geral da SonyEricsson, Miles Flint, atribuiu os bons resultados do trimestre ao alargamento da gama de terminais e ao reforço da posição da marca no segmento dos equipamentos com câmara fotográfica. «Mais de 60% dos telemóveis vendidos neste trimestre estavam equipados com câmara integrada, o que ilustra a nossa posição de líder do mercado da imagem móvel», declarou.

O volume de negócios do fabricante melhorou 29% neste período e atingiu os 1,678 milhões de euros, contra 1,305 milhões no terceiro trimestre de 2003, e as contas consolidadas subiram três vezes e meia: 136 milhões de euros (39 milhões no terceiro trimestre de 2003). Também aqui foram excedidas as espectativas do mercado, que apontavam para 122 milhões de euros.

A SonyEricsson não forneceu quaisquer elementos sobre as contas do último trimestre nem sobre a globalidade do exercício de 2004.