Tarifários móveis são muito confusos

DECO afirma que os portugueses desperdiçam 100 euros por ano.

De acordo com o inquérito, realizado a quase 1.800 portugueses e que será publicado na edição de Fevereiro da revista «Pro-Teste», a DECO aconselha os três operadores da rede móvel a informarem melhor os seus clientes sobre as opções disponíveis.

A DECO verificou que mais de 90% dos inquiridos não têm um tarifário adequado à utilização que fazem do telemóvel, sendo que a maioria dos inquiridos escolheu o respectivo tarifário sozinho e cerca de metade reconhece que, por vezes, paga mais do que o previsto.

A DECO concluiu que, mesmo sem mudar de operador, os portugueses podem poupar em valores anuais que rondam os 52 euros na Optimus, os 97 na TMN e o 106 na Vodafone se alterarem o seu modelo de tarifário.

Optimus e Motorola na «lista negra»

Apesar da DECO ter concluído que os consumidores estão maioritariamente satisfeitos com os serviços prestados pelos operadores, aqueles apontam a qualidade da ligação, o acesso à rede e a interrupção das chamadas como pontos a melhorar.

A Optimus destaca-se neste estudo como o operador com mais chamadas de má qualidade ou nas quais foi impossível estabelecer comunicação.

Quanto à fiabilidade dos equipamentos, o estudo indica que a Motorola é a marca mais criticada.

Por sua vez, os telemóveis da Sharp lideram a lista em termos positivos, sendo esta a marca recomendada por nove em cada dez utilizadores.

Outras das marcas preferidas pelos utilizadores são a Nokia, Sendo, Sagem e Samsung.