• Início
  • Mobile
  • Tarifários móveis: simulador aberto para poupar

Tarifários móveis: simulador aberto para poupar

A DECO indica aos consumidores se vale a pena mudar de operador ou tarifário e quanto poupam.

Cada rede tem vários tarifários, mas, ao contrário de outros países europeus, por cá, os preços pouco diferem para o mesmo perfil de utilização. Mesmo entre os tarifários mais baratos para um perfil, os portugueses pagam o dobro dos holandeses e ingleses, denuncia a última comparação de preços de 36 tarifários em 8 países, da revista PROTESTE.
Portugal apresenta uma das maiores taxas de penetração do serviço móvel, mas também um elevado índice de concentração do mercado: a TMN e a Vodafone detêm mais de 80% dos clientes.
Em Março último, os operadores aumentaram o preço das chamadas, ao mesmo tempo, em cerca de 2,5 por cento. Na altura, a DECO alertou para a coincidência do valor médio de aumento e do momento da aplicação.
A Autoridade da Concorrência prometeu investigar, mas, 7 meses depois, ainda não se conhecem resultados. Aquela associação insiste no apurar de eventuais práticas de concertação entre operadores e mantém a pressão junto da Autoridade da Concorrência, da Comissão Europeia e do Governo, por uma resposta eficaz e verdadeira concorrência.
Enquanto as autoridades não entram em acção, a DECO PROTESTE abre as portas do seu novo simulador com cerca de 180 opções actualizadas, a todos visitantes, até 30 de Novembro. No portal ou pelo 21 841 08 58, saiba qual o tarifário mais barato para as suas comunicações.

Veja aqui o artigo completo da Deco Proteste Tarifários de Telemóveis

www.deco.proteste.pt/tarifastelefone
Escolha um perfil ou detalhe os seus hábitos para encontrar o mais vantajoso