Skip to main content

Tecnologia ajuda a aproveitar o tempo

Países do Sul rendem-se e do Norte nem por isso.

Os portugueses são os que mais acreditam que a tecnologia ajuda a aproveitar melhor o tempo, indica um estudo de mercado da empresa britânica Mori, realizado em 12 países.

Três quartos dos portugueses entrevistados consideram que a tecnologia, como o uso de correio electrónico e dos telemóveis, ajuda a aproveitar melhor o tempo.

A seguir, são os húngaros, os egípcios e os australianos que mais acreditam nos benefícios da tecnologia, enquanto os britânicos, alemães e suecos consideram-na praticamente irrelevante para a planificação do dia-a-dia.

Os portugueses estão também no grupo dos que consideram que melhor aproveitam o seu tempo e que mais planeiam o dia, bem como os que acreditam que o tempo tem o mesmo valor do dinheiro.