NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
10 Celebridades consideradas "perigosas" para pesquisas online, segundo a McAffee

10 Celebridades consideradas "perigosas" para pesquisas online, segundo a McAffee

quarta-feira, 18 setembro, 2013 /
10 Celebridades consideradas "perigosas" para pesquisas online, segundo a McAffee

A McAffee divulgou uma lista com as 10 celebridades mais perigosas para se pesquisar online

Se já andar na internet há algum tempo certamente é conhecedor de alguns dos fascínios mais populares no universo online: gatinhos bébés, memes, fenómenos virais, Nicholas Cage e Emma Watson, entre outros, são apenas alguns deles.

O fascínio que estas celebridades parecem exercer nos internautas é responsável pela criação de milhões de websites repletos de conteúdos sobre os mesmos, muitos dos quais - dependendo da sua popularidade - tendem a estar repletos de conteúdos maliciosos. Foi o caso da actriz britânica que em 2012 foi considerada a celebridade mais perigosa para se pesquisar online. As tendências, contudo, parecem ter mudado.

O nome Lily Collins diz-lhe alguma coisa? Se a resposta for negativa, sugerimos que tome especial precaução ao investigá-la online, já que a McAffee considerou a actriz norte-americana como sendo a celebridade mais perigosa para se pesquisar na internet em 2013. De facto, uma simples pesquisa por Lily Colins aumenta em 14,5% as suas hipóteses de ir parar a um website que contenha malware, spyware, adware ou qualquer outro tipo de software malicioso.

A filha de Phil Collins é seguida por Avril Lavigne, Sandra Bullock, Kathy Griffin e Zoe Saldana, que compõem o top 5 do ranking das pesquisas mais perigosas por celebridades em 2013. O top inclui apenas um homem, Jon Hamm, protagonista da série Mad Men.

10 Celebridades consideradas "perigosas" para pesquisas online, segundo a McAffee

4,448