NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Apple Music com 10 milhões de utilizadores

Apple Music com 10 milhões de utilizadores

quarta-feira, 29 julho, 2015 /
Apple Music com 10 milhões de utilizadores
O recente serviço Apple Music já conta com algum sucesso no mercado.

O Apple Music, para quem ainda não está familiarizado, corresponde ao novo serviço de streaming de música da gigante Apple, introduzido no início do corrente mês. Vem oferecer serviços semelhantes ao Spotify ou ao Pandora, outras plataformas de streaming musical que continuam a obter um notório sucesso e adesão, perfazendo deste modo uma concorrência bastante cerrada ao serviço da empresa da maçã que, assim como o seu símbolo, ainda se encontra bastante verde, com apenas um mês de actividade.

Contudo parece que apenas no decorrer do primeiro mês, o Apple Music já conseguiu angariar cerca de 10 milhões de utilizadores, um claro indicador de sucesso por parte da gigante norte-americana, comprovando assim o que era expectável de um serviço que, à cabeça, oferece acesso à rádio “Beats1” disponível 24 horas por dia, assim como a uma plataforma chamada “Connect” que pretende aproximar os utilizadores dos seus artistas favoritos. Isto claro, para além de todas as funcionalidades inerentes a este género de serviço, como a possibilidade de guardar músicas em modo offline ou organizar e sugerir novas músicas de acordo com os interesses individuais de cada utilizador.

É no entanto de salientar que, a título de exemplo, o Spotify tem cerca de 75 milhões de utilizadores dos quais perto de 20 milhões têm o serviço subscrito, ao passo que o Apple Music é totalmente gratuito nos primeiros 3 meses, o que provavelmente ajudará – e muito - a perfazer os números recentemente anunciados. O verdadeiro sucesso do Apple Music apenas se irá comprovar possivelmente daqui a vários meses, altura em que os utilizadores que usufruem do serviço de modo gratuito se irão ver obrigados a pagar a coima de 6.99€ mensais se quiserem continuar a fazer uso do serviço. Aí sim, veremos quem estará disposto a pagar pelo serviço e, consequentemente, dar credibilidade à recente plataforma de música da Apple.
2,778