NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
O Internet Explorer já está a sair caro à Microsoft

O Internet Explorer já está a sair caro à Microsoft

quarta-feira, 06 março, 2013 /
O Internet Explorer já está a sair caro à Microsoft

A Microsoft foi multada em 561 milhões de euros pela União Europeia, que acusou a empresa de 'obrigar' os utilizadores a usarem o Internet Explorer.

Actualmente o Internet Explorer pode não ser o browser mais popular para navegar na Web, mas certamente é o mais caro: o IE custou recentemente 565 milhões de euros à Microsoft, que foi multada pela União Europeia por alegadamente não dar liberdade de escolha aos utilizadores do Windows.

O erro já foi admitido pela empresa liderada por Steve Ballmer, que o justificou com um problema técnico na actualização Service Pack 1 para o Windows 7, disponibilizada entre Maio de 2011 e Julho de 2012.

O Internet Explorer já está a sair caro à Microsoft

Ao todo, a Microsoft já foi multada quatro vezes pela União Europeia, tendo sido até à data sancionada em valores que se aproximam dos 2,24 mil milhões de euros. Esta multa, contudo, deveu-se ao incumprimento por parte da Microsoft do compromisso assumido com a União Europeia. Uma falha no cumprimento de uma imposição é uma infracção muito grave que deve receber uma sanção, referiu Joaquín Almunia, citado no Económico.

A liberdade de escolha dos utilizadores a respeito dos navegadores de Internet que utilizam é uma questão que já remonta a 2009, altura em que a Comissão Europeia impôs à Microsoft medidas que obrigassem a gigante norte-americana a permitir a escolha de outros browsers.

Que browser é que utilizam para navegar na Web? Acham que o Internet Explorer ainda voltará à ribalta?

4,073