NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Pioneiro das Bitcoin condenado a dois anos de prisão

Pioneiro das Bitcoin condenado a dois anos de prisão

sábado, 27 dezembro, 2014 /
Pioneiro das Bitcoin condenado a dois anos de prisão

Charlie Shrem foi condenado por um tribunal de Nova Iorque pelo seu alegado envolvimento com o mercado negro online

 

 

*Artigo publicado também no iOnline


Shrem é membro fundador da Bitcoin Foundation, organização onde até recentemente serviu como vice-presidente do conselho de administração.

Esta semana foi condenado a dois anos de prisão pelo seu envolvimento em transacções relacionadas com o site Silk Road, uma plataforma dedicada à venda de drogas que foi encerrada em 2013 pelo FBI.

Shrem tinha apenas 22 anos de idade aquando do seu envolvimento. Parte da sua actuação terá envolvido ajudar utilizadores daquele site a converterem dinheiro real em bitcoins. Ao todo mais de um milhão de dólares terão sido transaccionados para utilização posterior no mercado negro onlne.

Através da Bitinstant, uma start-up dedicada à compra e venda de bitcoins onde serviu como CEO, transferia dinheiro depositado em contas bancárias de utilizadores do Silk Road.

Além da sentença de prisão, os primeiros três anos após a pena terão que ser cumpridos sob supervisão por parte das autoridades norte-americanas. Quanto à sua condenação, o empresário norte-americano parece ter reconhecido que « a justiça foi servida », segundo declarações disponibilizadas na sua própria conta do Twitter.


2,876