NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Portugal Telecom completa digitalização da sua rede

Portugal Telecom completa digitalização da sua rede

sábado, 16 outubro, 1999 /
Portugal Telecom completa digitalização da sua rede O próximo dia 16 de Outubro constitui um marco histórico: entra ao serviço a central digital da Bemposta (Torres Novas), desenvolvida e projectada pela PT, concluindo-se assim o programa de modernização da rede de comutadores da Portugal Telecom. «O próximo dia 16 de Outubro constitui um marco histórico: entra ao serviço a central digital da Bemposta (Torres Novas), desenvolvida e projectada pela PT, concluindo-se assim o programa de modernização da rede de comutadores da Portugal Telecom, que deste modo se junta ao restrito clube de operadores europeus com redes de comutação totalmente digitalizadas. Com esta operação fica também consolidada a preparação das infra-estruturas da PT para a introdução do novo Plano Nacional de Numeração, que terá lugar em 31 de Outubro próximo e terá impacto em todos os clientes de telecomunicações em Portugal (redes fixas, redes móveis, serviços internet, serviços de Valor Acrescentado, etc.). A PT dá ainda um passo decisivo na preparação das suas infra-estruturas para os desafios do novo milénio e para a liberalização total que se inicia em 1 de Janeiro de 2000. O intenso programa de modernização da rede da PT teve como objectivo a melhoria da qualidade de serviço aos seus clientes e a criação de condições técnicas para uma oferta diversificada de novos serviços, introduzindo as mais evoluídas tecnologias de comutação e transmissão, serviços de rede inteligente e redes de banda larga (ATM,VPN), acesso internet, etc. Este programa fez crescer a percentagem de digitalização nos últimos 5 anos a um ritmo elevado: 71,5% em 1995, 77,6% em 1996, 88,2% em 1997, 97,9% em 1998 e 100% em 1999. Em termos numéricos a capacidade da rede da Portugal Telecom atingirá no final do ano cerca de 4240000 acessos, suportados em cerca de 260 centrais digitais, dos quais 155 mil em tecnologia RDIS. Só em 1999 o processo de migração analógico- digital envolveu cerca de 95336 terminações de clientes. A rede digital de fibra óptica da PT atinge actualmente uma extensão de cerca de 2412 KM na rede de acesso e 14066 Km na rede de interligação, num total de 130747 Km.par de capacidade de transporte, garantindo as necessárias condições para uma oferta de serviços de elevada qualidade. No início do ano 2000, a PT, através da sua participada PT - PRIME, lançará as infra-estruturas técnicas de um "backbone" IP de banda larga, garantindo aos seus clientes elevados padrões de segurança e qualidade de serviço( em termos de largura de banda, disponibilidade e mecanismos de encriptação) e colocando ainda ao seu dispor um conjunto de serviços como por exemplo Redes Privativas VPN-IP, Multicast e Classes de Serviço diferenciadas.»
2,782