NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Sonae Redes de Dados passa a controlar IP

Sonae Redes de Dados passa a controlar IP

quinta-feira, 13 maio, 1999 /
A Sonae - Redes de Dados, SA (SRD), licenciada pelo Instituto das Comunicações de Portugal para exercer a actividade de operador de serviços de telecomunicações fixas (dados e Internet) e de redes privativas de voz passou hoje a controlar a IP. A Sonae - Redes de Dados, SA (SRD), participada da Inparsa, fundada em 1994 e licenciada pelo Instituto das Comunicações de Portugal para exercer a actividade de operador de serviços de telecomunicações fixas (dados e Internet) e de redes privativas de voz passou hoje a controlar a IP. A IP, empresa reconhecida como o maior operador privado de Internet em Portugal, detém actualmente uma expressiva base de clientes, com especial enfoque no segmento empresarial, e era detida até ao momento por cinco accionistas individuais (Pedro Ramalho Carlos, Paulo Bicudo, Mário Ferreira, Henrique Silva e Rui Cohen), que continuarão a manter-se ligados à gestão do projecto, e pela AITEC - Tecnologias de Informação, SA.. Com esta aquisição a Sonae - Redes de Dados, que já disponibiliza actualmente aos seus clientes um vasto conjunto de serviços nas áreas das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, torna-se um dos maiores operadores privados em Portugal de comunicações fixas fora do universo do grupo Portugal Telecom, com um valor consolidado de facturação anual (SRD e IP em 1998) de cerca de 4 milhões de contos. Para além disso, assegurar-se-á uma continuidade à estratégia de sucesso que tem vindo a ser seguida pelas 2 empresas, reforçadas e complementadas que ficam as equipas de ambas, com evidentes benefícios para os actuais e potenciais utilizadores dos serviços oferecidos. Face à crescente importância do protocolo IP no futuro das telecomunicações, a Sonae - Redes de Dados passa também a usufruir neste domínio de um importante reforço de competências tecnológicas, para além de expandir a sua infra-estrutura de rede para a Internet, posicionando-se desta forma para o cenário de liberalização global a partir de Janeiro de 2000. Esta aquisição constitui ainda um reforço nas sinergias internas dos Grupos Inparsa e Sonae no que respeita ao mercado das comunicações, incluindo a vertente dos conteúdos. Para mais informações contactar: Renato Homem Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 99/05/12
4,004