Telemóveis controlam trabalhadores móveis

Os telemóveis controlam os trabalhadores móveis, ou quase. Um estudo da iPass revela que trabalhadores móveis passam um mau bocado longe dos telemóveis.

De acordo com um estudo da iPass, que englobou 3500 trabalhadores móveis (que não estão fixos num escritório e trabalham on the go) de 1100 grandes corporações mundiais, 35% verificam o e-mail na cama, a partir dos telemóveis, antes de iniciarem ou concluírem o dia.

As notícias em si não parecem ser demasiado alarmantes, mas demonstram a influência que os telemóveis têm nas nossas vidas. Os resultados mostraram também que os trabalhadores móveis têm dificuldades em passar tempo separados dos seus telemóveis – mesmo quando é hora de dormir.

61% dos inquiridos mantêm o telemóvel no quarto onde dormem, e 41% têm-no ao alcance da mão. 39% acordam a meio da noite para verificarem os telemóveis (e o número aumenta para 58% se tiverem os telemóveis ao alcance da mão).

Aparentemente os trabalhadores móveis trabalham uma média de mais 240 horas por ano que o típico trabalhador. Com a quantidade de tempo desperdiçada a ver e-mails no telefone, não nos surpreende. Quantos dos leitores exibem comportamentos semelhantes?

De forma esquematizada, como os telemóveis controlam os trabalhadores móveis (e futuramente, o mundo):

Telemveis_controlam_trabalhadores_mveis_02