Telemóveis descartáveis

No fim do ano passado uma inventora lançou o telemóvel descartável. Neste verão, os Estados Unidos irão ser os primeiros a experimentá-lo.

Randi Altschul, inventora e directora executiva da Dieceland Technologies, que tem um historial de ideias inovadoras em telecomunicações e na indústria de brinquedos e jogosm criou um telemóvel descartável. E tem tido procura.

Barato, barato, barato!

Altschul promete que o modelo mais barato não custará mais de quatro mil escudos. Ainda este verão os americanos vão ter oportunidade de o experimentar por pouco mais de 2.260$00. O tempo das chamadas que poderão ser efectuadas será de aproximadamente 60 minutos. Se se pagar um pouco mais poder-se-á também receber.

Tamanho de cartão de crédito.

Os telemóveis descartáveis serão parecidos com um cartão de crédito ou com um cartão telefónico pré-pago, mas mais grossos. Os circuitos são comprimidos numa fina camada de plástico, que envolve o cartão principal, através de um processo chamado Super Thin Technology. A ausência de apresentação visual dos dados, memória e jogos tornam-no mais barato, mas inclui bateria e auricular. Não vai certamente substituir o seu telemóvel, mas servirá quando se esquecer dele em casa. Provavelmente serão vendidos em máquinas semelhantes às do tabaco e noutros distribuidores, assim que sejam exportados.

PC descartável

A ausência de apresentação visual de dados e de opções especiais tornam a inclusão de WAP e SMS impossível. Mas se for um êxito, não será nenhuma surpresa se a próxima versão tenha pelo menos funções SMS. A empresa assegura que o telemóvel descartável Super Thin é só o começo. Os seus produtos futuros serão porventura o PC portátil ultra-fino, e o telefone cartão de crédito.

Os prós e os contras

Não há dúvidas quanto à genialidade dos telemóveis descartáveis. Já conhecemos as câmaras fotográficas e os cartões de telefone descartáveis, e temos consciência de que estes novos engenhos poderão competir seriamente com os cartões pré-pagos. Enquanto um cartão precisa de um telefone para operar, o telemóvel descartável sai da máquina pronto a usar, o que lhe confere maior flexibilidade. Mas também existem algumas desvantagens. Vão certamente criar mais lixo e poluição. Infelizmente, para isso, Altschul não tem nenhuma solução.