Skip to main content

Telemóvel já faz exames ao sangue

Invenção sueca facilita vida a pessoas com dificuldade de locomoção.

O sistema, inventado na Suécia, consiste num sensor de microfluidos descartável que é ligado ao telemóvel. Carregado pela bateria do terminal, o sensor é capaz de detectar um número limitado de marcadores biológicos para análises simples de sangue.

O resultado é obtido por meio de um mapa com diferentes sinais de luz, que são, em seguida, fotografados pela câmara digital do telemóvel. A foto desse mapa de marcadores pode depois ser enviada ao laboratório a partir de qualquer lugar.

Além de prático, o «telemóvel colector de sangue» pode representar uma grande economia de tempo para os pacientes e de dinheiro para os governos. Na Suécia, por exemplo, são gastos anualmente cerca de 27 milhões de dólares em exames de sangue. Porém, não há ainda previsões quanto à comercialização do equipamento.