Tel.Me T909 na estreia da marca em Portugal

Diz-me por palavras e música que me amas! O Telemoveis.com analisa o telemóvel T909 e o leitor de mp3 p.h.a.t.t.

A Tel.Me é das mais recentes marcas de telemóveis. Sediada em Viena, Áustria, a empresa iniciou operações no decurso do ano passado apostada em conquistar o mercado de gama média a média alta, para o que lançou dois modelos: o T909 e o T911 – o segundo um aparelho de excepcional quilate, dotado de tecnologia GPRS até seis canais.

A gama de produtos Tel.Me não se esgota, no entanto, nos telefones móveis. Kits para automóvel, modems para cabo e ADSL e um leitor de MP3 – o p.h.a.t.t. ou «UFO» – completam a produção.

A propósito da chegada a Portugal da Tel.Me pela mão da Lesta, a mesma empresa que recentemente trouxe até nós a marca Benefon, o Telemoveis.com teve acesso a um terminal T909 e ao UFO dando-lhe aqui conta do que pôde colher a partir da sua experiência com os produtos.

Tel.Me 909. A prata transalpina

Tel.Me 909

Obedecendo a um princípio de proximidade, a marca Tel.Me tem marcado sobretudo presença no mercado do leste europeu e, notavelmente, em Itália, na Alemanha e Áustria.

O T909, é um modelo versátil, compacto e com um ar robusto. Trata-se de um dual band GSM 900 e 1800 MHz, com 95 gramas de peso e uma bateria 600 mAh Li-Ion capaz de uma autonomia até 120 horas e de tempos de conversação na casa das três.

Inclui ainda múltiplas funcionalidades: uma agenda, sete jogos, teclas de atalho, alarme, um relógio analógico com a capacidade de dar a hora nas diversas localizações e fusos horários a nível mundial. Um viajante frequente vai achar extrema facilidade em manter o relógio do telefone certo.

Para além de toque por vibração, o telefone disponibiliza 33 toques pré-definidos, incluindo a possibilidade de composição de novas melodias.

Mas o que mais brilha no modelo, e no tocante às possibilidades do mobile fun são as 53 mensagens SMS pré-programadas, agrupadas em cinco grupos: «Emergência», «Questão», «Amor», «Compromisso» e «Outros». Por exemplo, dentro da categoria «Emergência» encontra mimos como «Por favor liga-me», «Agora estou ocupado, telefono-te depois» ou «Por favor liga para casa», enquanto a categoria «Amor» se propõe resolver com elegâncias os lapsos de imaginação de um qualquer pinga amor: «És o meu maior amor», «I love you» ou mesmo, para as mentes mais exactas, «Amar-te é a escolha certa».

É de notar a nível da legibilidade que o visor do Tel.Me T909 suporta quatro linhas de texto.

Relativamente à questão tão em voga da possibilidade de escolha das coberturas, associada à capacidade de personalização, a Tel.me oferece o T909 em três gradientes à opção: duas versões com a cobertura num tom metálico prateado que se distinguem por o bordo que enquadra o visor e os botões de função primordiais ser cinzento, num caso e azul, no outro, e uma versão com a cobertura em tom cinzento e o dito bordo em prateado.

Objecto reprodutor de sons bem identificado: Tel.Me UFO

Tel.Me UFO Têm proliferado nos últimos tempos os leitores de MP3. Extensões do fenómeno de troca de ficheiros musicais na Net eles permitem alojar e reproduzir música no popular formato. O Tel.Me p.h.a.t.t., mais conhecido por «UFO», que toma o nome da sua aparência oval, remotamente evocativa de um disco voador, consegue o prodígio de se destacar de entre a concorrência.

O que é que é faz do Tel.Me UFO um objecto de eleição? Várias coisas, desde o facto de ter um interface bem conseguido, a vários níveis, passando pela possibilidade de o leitor permitir não apenas um mas dois cartões de memória, o que torna possível alojar até 256 MB de som – próximo de oitenta faixas musicais com qualidade razoável e duração média (de origem o leitor vêm com um cartão de 64 MB).

Com apenas 65 gramas de peso, o Tel.ME UFO incorpora também um rádio FM capaz de memorizar quatro estações pré-definidas, som 3D (SRS) e controlos de baixos e agudos.

Um visor alfanumérico de dez dígitos torna fácil gerir as operações. Facto facilitado também por uma dúzia de teclas de função.

Note-se que o sistema é compatível tanto com o sistema operativo Windows como com MacOS para Macintosh. A versão Windows inclui o MediaJukebox.

A drive para os cartões de memória liga-se ao computador através de uma porta USB. A transferência dos ficheiros revelou-se bastante rápida.

Em suma: estamos perante um must dentro do género.