TMN apresenta resultados líquidos de 16 milhões de contos

A TMN , registou até ao final de Setembro um Resultado Líquido de 16 milhões de contos, o que representa um crescimento de 11% face a idêntico período de 1998.

26 de Outubro de 1999 Número de clientes da TMN cresce 65,4% num ano Número de clientes atinge 1.934.299 Resultados líquidos aumentam 11% face ao terceiro trimestre do ano de 1998 Resultados antes de Impostos atingem 26,2 milhões de contos e são superiores em 15% aos do período homólogo do ano anterior Proveitos Operacionais atingem os 106,1 milhões de contos, mais 36,3% do que no final do 3º trimestre de 1998 Investimentos realizados nos nove primeiros meses do ano foram de 36,3 milhões de contos. Lisboa, Portugal, 26 de Outubro de 1999 – A TMN , empresa do Grupo Portugal Telecom (BVL: PTCO.IN; NYSE: PT), registou até ao final de Setembro um Resultado Líquido de 16 milhões de contos, o que representa um crescimento de 11% face a idêntico período de 1998. Os Resultados Antes de Impostos atingiram os 26,2 milhões de contos, mais 15% do que no período homólogo do ano anterior. No mesmo período, os Proveitos Operacionais atingiram o valor de 106,1 milhões de contos, um acréscimo de 36,3% relativamente ao período correspondente de 1998. O EBITDA foi de 35,7 milhões de contos, o que equivale a um crescimento de 24% em relação ao período homólogo de 1998. A sua percentagem no total de proveitos operacionais (EBITDA mg), foi de 33,7% (0,7 pontos percentuais abaixo do registado no final do 1º semestre em que o EBITDA mg foi de 34,4%). O proveito de serviço médio mensal por cliente (ARPU), registado ao longo dos últimos três meses, Julho, Agosto e Setembro, foi de 5.982 escudos, registando uma subida de 6,5% face ao valor médio dos primeiros seis meses do ano (5.618 escudos), o que confirma a inversão da tendência decrescente deste indicador verificada no ano anterior. No final do período em referência, a TMN atingiu um total de 1.934.299 clientes, ou seja, um crescimento de 65,4% face ao período homólogo de 1998. Nos primeiros nove meses do ano de 1999, verificou-se a adesão líquida de 508.623 novos clientes, mais 24,8 % do que nos primeiros nove meses de 1998. Realizou-se até ao final deste terceiro trimestre um investimento de 36,3 milhões de contos, significando um esforço acrescido em cerca de 35% face ao investimento efectuado no mesmo período de 1998. Até ao final de Setembro, a TMN instalou um número muito significativo de antenas (BTS’s), quer na banda de frequências de 900 MHz, quer na de 1800 MHz, mantendo a sua política de instalação de equipamentos de rádio de tecnologia DCS 1800, contribuindo de forma considerável para prosseguir o objectivo de cobertura geográfica integral do território nacional, e garantir a melhoria sensível da mesma nas zonas urbanas de maior densidade de tráfego. O Presidente da Comissão Executiva da TMN, Iriarte Esteves, referindo-se ao desempenho da TMN neste último trimestre, salientou que “estes três meses foram responsáveis por 45% das adesões de clientes registadas este ano”. Referiu ainda que, “a adesão de 227.276 novos clientes neste último trimestre, resultou de um aumento da agressividade na abordagem ao mercado”. O Presidente da Comissão Executiva da TMN afirmou ainda que “uma análise da evolução do número de clientes e dos resultados da TMN comprova que o mercado tem recompensado o esforço que a Empresa tem feito na disponibilização dos melhores serviços e da melhor qualidade, mantendo preços competitivos”. Esta informação está também disponível em www.tmn.pt. (.)»