TMN põe jovens a Kravar

Novo serviço de chamada a pagar no destino.

Enquadrada na gama de serviços K, esta solução do operador do grupo PT, especialmente dirigida aos mais jovens, é mais uma «dika para kuando» não se tem saldo no cartão pré-pago.

Assim, as chamadas a pagar no destino podem ser realizadas para qualquer cliente particular da TMN (com excepção dos Pakos). O destinatário, caso aceite, suportará o custo da chamada, sem qualquer agravamento, pagando o preço que pagaria caso a tivesse originado.

O serviço Krava em si mesmo é grátis e a sua utilização muito simples. O cliente que pretende efectuar a chamada a pagar no destino apenas precisa de marcar no seu telemóvel 122 antes do número TMN da pessoa com quem quer falar.

O destinatário do Krava poderá então decidir se aceita ou não a chamada ou ainda pedir para lhe ligarem mais tarde.

Pensado para clientes com idades entre os 15 e os 24 anos, o Krava é uma nova forma de fazer chamadas quando o saldo é escasso ou nulo, mas também uma alternativa para gerir melhor o saldo que se tem, aponta a TMN.

Resultado de importantes desenvolvimentos tecnológicos, o Krava é o primeiro serviço desta natureza a ser lançado em Portugal e um dos primeiros no mundo, apresentando-se como um complemento da gama K, que já inclui o Kolmi, o Karga, o Karga Mesada, o Ká Se Paga e o Konto Kontigo.