Uso da Internet via telemóvel

Uma sondagem da A.T Kearney revelou que os internautas americanos e europeus continuam a preferir o PC para acederem à rede.

Os resultados da sondagem revelaram que o crescimento tem sido lento ou quase nulo, senão vejamos: 9% dos utilizadores europeus acederem à rede via telemóvel em Abril de 2003, mais 1% do valor registado em Junho de 2002. Nos Estados Unidos, o uso manteve-se pelos 8%. No conjunto de todos os países onde a sondagem foi levada a cabo, o mesmo valor subiu do 11 para os 15%, impulsionado por um crescimento acentuado de acessos à Internet via telemóvel em Singapura, Coreia e Hong-Kong. A sondagem revelou ainda que em Abril, apenas 5% dos inquiridos utilizaram serviços de envio de imagens (MMS). Na Europa, o valor desce para os 3%, embora os primeiros serviços, e terminais habilitados para tal fim, tenham sido lançados há cerca de um ano. Apesar dos esforços dos principais operadores para cativarem os seus clientes e levarem-nos a consumirem este tipo de serviços, a grande generalidade dos consumidores ainda parecem estar pouco receptivos aos novos avanços da indústria.