Skip to main content

Vendas da Motorola atingiram 37,6 mil milhões de dólares

A Motorola anunciou que as suas vendas no quarto trimestre de 2000, atingiram 10,1 mil milhões de dólares, o que representa um acréscimo de 11 por cento.

A Motorola anunciou que as suas vendas no quarto trimestre de 2000, atingiram 10,1 mil milhões de dólares, o que representa um acréscimo de 11 por cento relativamente a igual período do ano precedente e fazem subir o volume global de negócios da companhia, durante o ano passado, para 37,6 mil milhões de dólares, representando um crescimento de 17 por cento comparativamente com 1999, em que as vendas somaram 32 mil milhões. Entretanto, os lucros, ascenderam a 335 milhões de dólares nesse mesmo período do ano passado, elevando o total anual para 1,9 mil milhões de dólares, o que significa mais 14 por cento que em 1999. Porém, incluindo-se os resultados da venda de certas áreas de negócio, o crescimento anual dos lucros foi ainda maior: 29 por cento. Robert L. Growney, presidente da Motorola declarou, a propósito destes resultados, que, apesar do crescimento das vendas, os aumentos nos custos de produção e das despesas operacionais fizeram reduzir as margens de lucro, o que levou a companhia a adoptar, no último trimestre de 2000, medidas para reduzir os custos de exploração das estruturas produtivas, as quais serão continuadas em 2001. No Sector das Comunicações pessoais, em que se incluem os telemóveis, as vendas, cresceram, particularmente nos mercados americanos e asiático. No segmento das Soluções Globais de Telecomunicações, a companhia registou um aumento de 19 por cento nas vendas, nos últimos três meses do ano transacto. Entretanto a Motorola posicionou-se no mercado das redes de Terceira Geração com capacidade para fornecer serviços multimedia avançados. Nesta estratégia incluem-se os acordos com a Telefonica (Espanha) e Telsim (Turquia) para UMTS (Universal Mobile Telecommunications Systems), bem como os upgrades das redes cdma2000 1x, com a KDDI (Japão), Sprint PCS, em 13 mercados dos EUA, e ALLTEL, nos estados de Louisiana e Arizona (EUA). Ainda durante o último trimestre de 2000, na China, a companhia obteve contratos de expansão das redes GSM em várias províncias e um contrato para fornecimento das infra-estruturas GPRS (General Packed Radio Services) a quatro províncias e zonas especiais, através da China Mobile Communications. Quanto ao segmento das Comunicações de Banda Larga, as vendas da Motorola aumentaram, nos três últimos meses do ano passado, 52 por cento, enquanto no segmento de Semicondutores cresceu 7 por cento.