Viana-Baptista deixa Telefónica

Português substituído por espanhol

António Viana-Baptista pediu para abandonar o cargo de director-geral da Telefónica, por «motivos pessoais», abandonando assim a empresa após cerca de uma década.

A demissão já foi confirmada oficialmente pelo conselho de administração da empresa, que revelou ir o português ser substituído no cargo por Guillermo Ansaldo.

Entretanto, a Telefónica decidiu também nomear Júlio Linares como administrador-delegado e Manuel Pizarro e Javier de la Paz como conselheiros.