Skip to main content

Vivo e Motorola juntas no Brasil

Actuação no mercado de módulos sem fios.

A assinatura de parcerias parece ter chegado em força ao sector e as mais recentes protagonistas são a Vivo e a Motorola, indo o operador disponibilizar a sua rede de transmissão com tecnologia CDMA, com cobertura em todo o território nacional, ao fabricante norte-americano, segundo informação avançada pelo jornal «Gazeta Mercantil».

O módulo sem fios é semelhante a um telemóvel utilizado para a comunicação entre máquinas, nomeadamente em processos industriais e accionamento remoto de equipamentos domésticos.

A Motorola acredita que, no Brasil, a tecnologia será mais utilizada para a segurança pessoal e para evitar roubos de automóveis e camiões. «O módulo contém uma placa que existe dentro do telemóvel, mas é bem menor porque não tem teclado, ecrã nem bateria», afirma Marcelo Catapani, director de vendas da Motorola para a América Latina.

Os valores do contrato não foram divulgados, mas a projecção é de que o mercado mundial para módulos sem fios movimente cerca de 770 milhões de euros por ano.

A Vivo, joint-venture entre a Portugal Telecom e a Telefónica Móviles, é actualmente o maior operador do Brasil e o 10º maior do mundo, com cerca de 26,5 milhões de utilizadores.