Vodafone com prejuízos

Aquisições saldaram-se em perda de 16,1 mil milhões de euros.

O operador britânico de telecomunicações, Vodafone, registou no ano fiscal de 2000/2001, prejuízos que ascenderam aos 16,1 mil milhões de euros, a primeira perda anula da empresa. Esta quebra deveu-se, em grande parte, à aquisição da alemã Mannesmann por 182,7 mil milhões de euros.

Entretanto, o número de clientes da companhia cresceu 56 por cento, atingindo os 82 milhões de utilizadores.