Skip to main content

Vodafone compra Japan Telecom

2,2 milhões de dólares – foi este o preço pago pela Vodafone para conquistar o País do Sol Nascente.

A Vodafone anunciou hoje a compra de 15 por cento do capital da Japan Telecom. A operadora britânica reforça assim a sua posição no Japão, país que será o primeiro a lançar o serviço UMTS, em Maio de 2001. O negócio, no valor de 2,2 mil milhões de dólares, foi “uma oportunidade natural”, segundo Ron Boring, vice-presidente da Vodafone no Japão, em declarações à Reuters. Para além disso, os responsáveis da Vodafone admitem aumentar a sua participação no futuro. Esta situação poderá ocorrer caso se concretizem os rumores acerca de uma possível venda, por parte da AT&T, de outra fatia de 15 por cento do capital da operadora japonesa. Mas neste caso terá de enfrentar a concorrência da sua congénere British Telecom, que detém outros 15 por da Japan Telecom. A Vodafone já detinha 26 por cento da J-Phone, a operadora participada da Japan Telecom para o mercado móvel, e que é uma das três empresas licenciadas para operar os telemóveis da terceira geração. Assim, a Vodafone pretende aproveitar as potencialidades do mercado nipónico em termos de Internet móvel, mercado esse que regista o maior crescimento a nível mundial. A NTT DoCoMo, a principal concorrente da Vodafone no Japão, conta já com 15,6 milhões de utilizadores do seu serviço de Net móvel I-mode, e será a primeira operadora a lançar o serviço UMTS.