Vodafone lucra 83,9 milhões

Resultados de Abril a Dezembro em linha com a média das previsões dos analistas

O lucro líquido foi de 83,9 milhões de euros, um acréscimo de 34 porcento face aos 62,6 porcento do ano anterior. Apesar de a base de clientes da Vodafone (ex. Telecel) continuar a ser constituída em quase terços quartos (74 porcento) por clientes detentores de pacotes pré-pagos o aumento do número total de subscritores subiu 308.035 clientes para 2.768.835. Assim, o ARPU (receita média mensal gerada por cada cliente registado) subiu de Abril a Dezembro do ano passado (inclusive) 8,2 porcento em relação ao período homólogo para 29,83 euros. Saliente-se que, de entre os clientes registados na rede Vodafone, nove porcento estavam dados com inactivos (não tinha gerado receitas nos últimos três meses) em Dezembro. Os resultados por acção da Vodafone Telecel entre Abril e Dezembro de 2001 subiram para os 0,39 cêntimos – mais uma dezena de cêntimos que no ano anterior – enquanto o lucro antes de impostos atingiu os 131,4 milhões de euros, uma progressão comparativamente aos 100,3 registados no mesmo período do ano passado, com as receitas de serviços a alcançarem os 721,7 milhões. Observe-se, finalmente, que o volume de clientes do serviço fixo passou de 82 500 no período homólogo para os 118 000 nos últimos três trimestre de 2001.