WAP 2.0

O que temos a ganhar, ou a perder…

Com a chegada do WAP 2.0, não se pense que a diferença entre este e o I-Mode vai desaparecer. Sendo assim, quando é que os fabricantes vão estabelecer “standards” para que o consumidor não tenha que andar sempre a trocar de equipamento? E será que o próximo telemóvel ainda vem com WAP?.

O XHTML será a linguagem usada no WAP 2.0, aproximando-o muito mais do I-Mode, que utiliza outra versão de HTML, denominado CHTML. Mas subsistem dúvidas e incertezas quanto ao lançamento do WAP 2.0. Todos concordam que se trata de uma versão nova e melhorada, mas só os utilizadores terão a palavra final.

Segundo Espen Lyngaas, criador do WAP FAQ do AllNetDevices (Um Web Site sobre aplicações de Internet), o 2.0 é um passo na direcção certa. Existem no entanto vários factores, tal como o aceleramento do processo, caso os fabricantes permitam o upgrade do software para os terminais já existentes. É claro que isso implica uma subida dos preços, mas a longo prazo torna-se menos dispendioso do que andar sempre a trocar de terminal.

Mas é visível entre os conhecedores do WAP um ponto de concordância, e ele é que o WAP 2.0, apesar de estar assente numa nova linguagem, ainda é WAP. Para além disso não é provável que este novo software, ou pelo menos os novos terminais que o contêm, esteja disponível na melhor das hipóteses no fim deste ano. O que significa que os adeptos do WAP espalhados pelo mundo tenham que navegar com o 1.1 e o 1.2 durante mais algum tempo.

Se quiser pode consultar os White Papers sobre WAP (ficheiro PDF que possui diversas informações e especificações WAP) e ainda o WAPForum (Site oficial de WAP)

Para visualizar correctamente os ficheiros PDF deve utilizar o Acrobat Reader (grátis)

Noticias relacionadas:
O Futuro do WAP
WAP: Revolução ou Desilusão?