Skip to main content

WAP para deficientes auditivos

Estão em desenvolvimento serviços e terminais para deficientes auditivos

Empresas e universidades alemãs, suecas e inglesas juntaram esforços no desenvolvimento do projecto WISDOM (Wireless Information Services for Deaf People on the Move), que tem como objectivo dar uma opção WAP aos deficientes auditivos. Será dado um ênfase especial no fornecimento de linguagem gestual através de informação vídeo a pessoas deficientes auditivos a qualquer hora, em qualquer lugar, e também serviços de interpretação à distância para que os mesmos possam comunicar com pessoas sem deficiências auditivas e vice-versa.

 

O direito à comunicação

Jim Kyle, professor do Centro de Estudos de Deficiências Auditivas, da Universidade de Bristol, afirmou: “A comunicação é crucial para a inclusão dos deficientes auditivos na nossa sociedade. Ultrapassando esta barreira, podemos fornecer comunicação visual aos deficientes auditivos e criar aplicações que todos possamos utilizar nas redes de terceira geração do futuro. Depois da reflexão da sociedade tecnológica, os deficientes auditivos tornaram-se na base de sucesso das telecomunicações móveis do século XXI.

 

Citikey para os incapacitados

 

Nem só os deficientes auditivos serão beneficiados com os serviços WAP. Os deficientes motores são muitas vezes confrontados, no seu dia-a-dia,  com inúmeras barreiras arquitectónicas. Os serviços de informação WAP poderiam ajudá-los por exemplo a encontrar um restaurante ou serviços que estejam preparados para os atender da maneira mais adequada. Em suma, o Citikey seria uma ajuda preciosa para os deficientes. Será que alguém vai aceitar o desafio?