Samsung soma e segue

Terceiro lugar entre os maiores fabricantes mundiais parece assegurado

Os dados apontam para que a percentagem de mercado da Sony Ericsson tenha caído de 10 porcento, em 2000, para 7,3 em 2001. Ao mesmo tempo a Samsung terá subido de 5 para 7,5 porcento.

A Sony-Ericsson é desta forma relegada para a posição de quarto maior fabricante mundial de terminais móveis. Lugar ocupado até há bem pouco tempo, antes da ascensão da Samsung, pela Siemens.

Ao mesmo tempo a Nokia mantém uma liderança firme, subindo a sua quota do mercado mundial para 35,6 porcento em 2001. A Motorola continua em segundo lugar.