Sendo M570

Um telefone para quem os prefira compactos e de manuseio simples

Sendo M570CARACTERÍSTICAS
Ecrã(s):
65536 cores c/ resolução de 128×128 pixéis (interno) e 96×64 c/ texto branco em fundo negro (externo).
Dimensões : 82 X 45 X 20mm para 68cc de vol. e 77 g. de peso
Multimédia : Toques polifónicos a 16 vozes c/ vibração, suporta os formatos de som AMR, SMAF, I Melody, Nokia e Midi e de imagem GIF, GIF animado, JPEG, BMP, WBMP and PNG
Java : MIDP2.0 e midlets até 100 KB de dimensão individual
Messaging : SMS, EMS, MMS e WAP 2.0
Memória : 3,7 MB; até 250 entradas na agenda com armazenamento de 3 números e endereço de correio electrónico por entrada; registo de 30 chamadas.
Redes : Dual banda GSM 800/1900 c/ GPRS
Acessórios incluídos : Carregador
Acessórios adicionais : Headset, carregador para isqueiro de automóvel, kit mãos-livres para viatura.
Bateria : Iões de Lítio. Reclama até 400 horas em standby e até 300 minutos em conversação.

O melhor: Leveza, memória, bateria
O pior: Impossibilidade de conexão a outros dispositivos
Conclusão : Para quem coloca o tamanho e a simplicidade no topo das prioridades

Se no que à escolha de um telefone móvel toca existem basicamente dois grandes tipos de perfis: o grupo dos «maximalistas» que acima de tudo procura o maior número possível de «tecnologias» e funcionalidades e está, em conformidade, disposto a pagar mais por isso e o grupo dos «minimalistas» para quem um telefone continua a ser sobretudo isso mesmo: um dispositivo para fazer chamadas e, quanto muito, trocar «mensagens», quanto mais simples e compacto melhor, então o Sendo M570 é certamente uma opção feita à medida dos segundos.

Trata-se de um modelo de reduzida dimensão, leve, dotado de dois visores, um externo «monocromático» e outro interno, capaz de 65 mil cores, onde a simplicidade de manuseamento é nota dominante e onde a par das possibilidades «convencionais» de personalização (temas, toques.) abunda ainda a parcimónia – paradoxalmente, face à relativa generosidade dos 3.7 MB de memória – no que às possibilidades mais avançadas diz respeito (a câmara fotográfica está ausente, como ausente está a possibilidade de ligação a um computador, mesmo por cabo, ou ainda, directamente, a outros telefones, face à não inclusão de irDA ou de bluetooth).

Dado o facto de a Sendo, desde a sua origem, em 1999, apostar em incluir como flagship da sua linha de produtos smartphones de elevado quilate (Sendos Z100, X…) as características do M570, apresentado no passado mês de Fevereiro, na esteira do seu antecessor M550, não são certamente fruto de «desatenção» do fabricante britânico mas antes uma opção deliberada, em abono do preço e da manutenção em baixa dos custos de produção.

Mobile Fun & Personalização Sendo M570

A inclusão da tecnologia Java (MIDP2.0) acaba, no caso, por ser favorecida, dada a disponibilidade de memória (a generosidade desta é, aliás, uma vantagem comparativa do M570 dentro da sua gama e face aos concorrentes directos) que assim pode ser consagrada à descarga e armazenamento de aplicações, e desde logo, de jogos.

A oferta base de aplicações lúdicas é, de facto, bastante diversificada: Funny Farmer, Solitaire, Splat, Sumito, Tem Pin, num total de 6, integravam de origem o modelo que nos foi disponibilizado para testes.

De resto, a personalização do M570 é garantida por uma escolha de 10 «temas» bem como por inúmeros «screensavers» e «imagens de fundo» e, de entre as melodias, por 15 pré-incluídas.

No plano sonoro (16 vozes), a ausência de um «compositor» de melodias é compensada pela compatibilidade e variedade de formatos suportados ( AMR, SMAF, I Melody, Nokia e Midi).

Ergonomia, Software&Design e Messaging

O formato «em concha» do M570 exibe linhas adequadas, nas quais o contraste face ao tom prateado base é conferido por uma faixa central em tom «vinho», na qual se integra o visor dianteiro, com um resumo do essencial do estado do telefone (indicações de carga, cobertura GSM e GPRS, rede, data e hora, identidade do chamador.).

Aberto o modelo é muito fácil de manusear – facilidade que já se tornou uma especificidade da marca. Quatro teclas primordiais de função (ligar/desligar, aceder aos menus, regressar atrás e ou anular, compor uma mensagem.) contornam uma tecla de dimensão generosa que exibe apenas duas funções: navegação «acima e abaixo». De resto, os dígitos e signos das habituais 12 teclas principais são iluminados a vermelho, tom conhecido por ferir menos a vista em situação de ausência de luz.

Os menus repartem-se em torno de sete grupos principais: Mensagens, Internet, Imagens/Sons, Definições, Serviços, Jogos/Aplicações e Serviços do Operador.

É de destacar a funcionalidade «Xsend» que, basicamente, se traduz numa forma cómoda de compor MMS (até 20 «slides» e 100 KB de dimensão por mensagem).

Sendo M570

Bateria & Acessórios

A bateria do Sendo M570 é descrita pela marca como sendo capaz de fornecer energia ao terminal até 400 horas em standby e até 300 minutos (6 horas) em conversação. A sua prestação coloca-a, em qualquer caso, ligeiramente à frente de modelos de naipe congénere.

Como acessórios adicionais, o utilizador pode adquirir da Sendo um auricular; um carregador com adaptador para ligação ao isqueiro de automóvel e, ainda para veículos, um kit mãos livres. Adicionalmente, para quem esteja habituado a viajar muito, estão disponíveis carregadores com ficha própria para utilização no Reino Unido e nos Estados Unidos, respectivamente.

Conclusão

O desiderato que se retira do modelo é o de uma grande competência e know how aplicado a um produto que se insere na dita gama de entrada. Acima dele, o modelo S600, acrescendo uma câmara VGA integrada, é outra opção viável e a ponderar para considere quem este utensílio indispensável.